Mini-Reviews TV TV

Mare of Easttown – Series Finale – 1ª Temporada

Mare of Easttown Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE MARE OF EASTTOWN!

Já há muito tempo que Kate Winslet não surgia na televisão… tanto que o seu regresso tinha obrigatoriamente que ser em grande. Mare of Easttown acompanha a protagonista interpretada pela atriz, que é uma detetive que vê algo de surreal na sua pacata cidade: um homicídio extremamente bizarro e vários raptos sem deixar rasto. No entanto, Mare tem relações familiares instáveis, e o seu filho pereceu há não muito tempo. Com Easttown à beira do colapso e ainda a recuperar dos seus muitos traumas, conseguirá Mare desvendar estes dois mistérios?

Mare of Easttown Series Finale

O MELHOR:

Mare of Easttown é provavelmente uma (se não a) das melhores minisséries do ano.

É um policial intenso, com uma protagonista que não tem medo de expor as suas falhas, tornando-a humana e onde Winslet tem aqui um comeback absolutamente infalível. Não só é a personagem brilhante, onde os defeitos, as emoções e os impulsos são fluídos, como toda a narrativa que a desenvolve progressivamente, expõe as suas fraquezas e as suas vulnerabilidades. Numa época em que o thriller policial começa a chegar a um clima de repetição frequente dos mesmos clichés, Mare of Easttown insurge-se como algo que tem os pés bem assentes na terra, dando toques noir não a uma, mas a várias personagens; para além de uma história que vai adicionando camadas aos eventos, que é hábil em segmentar os diferentes mistérios e que, de alguma forma, enaltece (e de que forma) o trabalho dos atores.

Ao lado de Winslet temos Evan Peters (num papel que o tira daquela imagem adorável das séries de Ryan Murphy em que participou), Julianne Nicholson, Jean Smart, Angourie Rice, entre outros, que se entregam de corpo e alma às personagens, alimentando um enredo que sabe plenamente como iludir o espectador e de criar a tensão necessária para nos mantermos cativados do início ao fim. A atmosfera é de dúvida constante, pairando sempre um sentimento de incerteza perante as muitas personagens que vão surgindo. A realização de Craig Zobel é absolutamente magnífica, com recurso a planos centrados no rosto das personagens, onde se torna palpável para o espectador aquilo que elas sentem e pensam. Outro aspeto que acaba por enaltecer Mare of Easttown é o facto de não haver ambições de querer incutir na narrativa personagens sexualizadas, fazendo com que haja uma ligação forte com o público em termos empáticos e de associação com a realidade.

Esta falta de pretensiosismo e de se focar inteiramente nas personagens e no mistério que as envolve torna Mare of Easttown algo extraordinariamente complexo do ponto de vista humano e o quinto episódio Illusions é, definitivamente, uma obra artística que utiliza ação com o ambiente imprevisível e que, de alguma forma, nos deixa sem palavras. É pela junção suave de todos os elementos, ao passo que investe mais do que dispersa, que encontramos aqui algo incrivelmente diferente do habitual.

Mare of Easttown Series Finale

O PIOR:

Apesar de, em geral, Mare of Easttown ser infalível, há duas questões que ficam algo aquém do esperado.

A primeira é do arranque muito lento e que dá a entender uma linearidade que acaba por melhorar com o tempo (e nós só temos a agradecer) mas que quebra muito com a “novidade” da minissérie, deixando-nos algo apreensivos com o avançar da mesma. Ainda que temporário, o arranque de Mare of Easttown acaba por ser um pouco monótono, sem grandes feitos artísticos, mas felizmente tudo melhora gradualmente. Outra questão que fica um pouco aquém do esperado é a relevância de Guy Pearce para a narrativa, sendo que fica reduzido a um mero alicerce amoroso para a personagem de Winslet e de um bait fácil para alimentar o recorrente mistério da história. Acaba por ser um pouco desperdício de um ator com talento para ser apenas um adorno.

Mas, no seu geral, Mare of Easttown é uma produção sensacional, com todos os elementos de thriller que precisamos para estar investidos na história e, acima de tudo, conta com uma das melhores protagonistas de televisão dos últimos anos, consolidando a atriz magnífica que é Kate Winslet.

Mare of Easttown Series Finale

Estado da Série: TERMINADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 92 100 1

92%
Average Rating

Mare of Easttown é uma das melhores produções do ano de ficção pela mão da HBO e conta com uma Kate Winslet absolutamente soberba! Ainda que tenha alguns defeitos de arranque, esta é uma aposta que promete ser uma das grandes para os próximos Emmys.

  • 92%

Comments