Mini-Reviews TV TV

The Kominsky Method – Series Finale – 3ª Temporada

The Kominsky Method Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE THE KOMINSKY METHOD!

Michael Douglas, que venceu o nosso CineAward há uns anos atrás, encerra a sua série fabulosa, curtinha, mas preciosa, com esta terceira temporada. Agora sem Alan Arkin, The Kominsky Method precisava de dar um novo rumo à personagem principal e, o resultado é mais surpreendente do que o esperado! Sandy discursa no funeral do seu amigo de longa data Norman, e a sua vida recebe uma mudança drástica. A sua filha Mindy planeia casar com George, e a ex-esposa de Sandy regressa com uma atitude muito diferente do que Sandy estava habituado. Nisto, Sandy recebe uma notícia inesperada: um estúdio quer contratá-lo para um filme em que pode vir a ser nomeado para um prémio. The Kominsky Method despede-se de uma forma bonita e afável, onde Michael Douglas brilha em todos os frames e, acima de tudo, a série consegue superar o problema de perder a sua coestrela mais importante.

The Kominsky Method Series Finale

O MELHOR:

O facto de ser curtinha a temporada tem as suas vantagens e desvantagens.

The Kominsky Method conseguiu contornar a saída de Arkin e acabou por focar-se inteiramente na personagem principal (por muito que ele faça falta com o seu sentido de humor peculiar), mas o resultado foi definitivamente positivo. A verdade é que a narrativa ficou mais condensada e houve oportunidade de explorar o contexto de Sandy na sua totalidade, desde a relação com a sua família, até às ambições profissionais do mesmo. Douglas é fantástico, e a presença de Kathleen Turner também ajuda a manter o humor no ponto certo sem cair em exageros. Claro que algo tão curto acaba por ter as suas desvantagens, já que sentimos que podiam ter sido exploradas algumas características mais profundas do destino das mesmas ou do impacto das perdas que se fizeram sentir, mas The Kominsky Method acaba por ser direta, engraçada e encerrar as pontas soltas que ficaram da temporada anterior.

Para além disso, um cameo adorável de Morgan Freeman num contexto irreverente, faz com que o espectador ainda se divirta mais, mesmo que esse mesmo contexto possa ser algo ofensivo para alguns. Mesmo assim, The Kominsky Method prova que é uma série que consegue trabalhar os problemas de forma suave e sem parecer pretensiosa, culminando num adeus bonito e sentido ao legado que a mesma deixou.

The Kominsky Method Series Finale

O PIOR:

Tal como mencionado anteriormente, a temporada é muito curta.

Mesmo que acabe por conquistar, sente-se que podia haver um pouco mais de investimento na componente humorística e em como Sandy reage às perdas da sua vida. O toque de perder Norman e outra personagem mais tarde que não será mencionada por motivos de spoiler, foi superficial e merecia algo mais profundo e que influenciasse os comportamentos do protagonista. No entanto, isto não fere na totalidade The Kominsky Method.

Outra questão menos boa é um tom jocoso algo ofensivo em tratar temáticas sociais, que poderá dar asas a uma problemática reação do público. Em nota pessoal, penso que The Kominsky Method utilizou esta temática como veículo de sensibilização para um tipo de geração que não está familiarizada com a mesma, fazendo com que o humor (ainda que, mais uma vez, possa surgir de forma algo “tacanha”) não tenha propriamente um tom desdenhoso. Mas isso ficará ao critério de cada um.

The Kominsky Method Series Finale

Estado da Série: TERMINADA

Leiam a nossa Mini-Review anterior de The Kominsky Method aqui.

0 80 100 1
80%
Average Rating

The Kominsky Method chega ao fim, com uma temporada adorável e direta, sem grandes floreados, onde Michael Douglas assume as rédeas inteiramente da narrativa. Podia, no entanto, ser um pouco mais longa e focar-se nalguns aspetos mais profundos da história.

  • 80%

Comments