Cinema Críticas

Crítica: Jungle Beat: The Movie (2020)

Jungle Beat: The Movie Crítica de Cinema

PODE CONTER SPOILERS DE JUNGLE BEAT: THE MOVIE!!!

Nesta altura do campeonato, não será de estranhar que muitos de nós tenhamos ouvido falar de Jungle Beat. Somente a partir da sua premissa – uma série animada antológica em que acompanhamos vários animais de uma selva africana a fazer as maiores traquinices possíveis – faz pensar que fosse uma série que, cá em Portugal, passasse somente na RTP2. Pois bem, a Netflix “pegou” nesta propriedade maioritariamente desconhecida e decidiu conceder-lhe uma longa-metragem em nome próprio. E assim, ganhamos este Jungle Beat: The Movie.

Neste filme, diversos animais ficam em choque quando descobrem que conseguem falar. E a causa é mais do que aparente: Fneep é um pequeno alienígena que veio ao planeta Terra para o conquistar. No entanto, Fneep não tem qualquer desejo de conquistar o planeta; somente deseja voltar a casa. Para esta demanda, Fneep encontra quatro aliados improváveis: Munki o Macaco, Trunk a Elefante, Rocky o Rinoceronte e Humph o Ouriço-Cacheiro.

Jungle Beat: The Movie Crítica de Cinema

Logo de imediato, é fácil de perceber qual é o público-alvo a quem Jungle Beat: The Movie se dirige: às crianças. Como tal, tudo no filme é feito com esse público em mente, desde uma história singela e com uma mensagem pertinente, mas não menos familiar; uma estética visual também ela simples e com elementos suficientemente coloridos para despertar o interesse dos mais curiosos… Basicamente, tudo no filme em si foi feito a pensar nessa camada juvenil, inclusive o tipo de humor que emprega a cada momento.

Dito isto, o filme é claramente indicado como uma película relaxada para se ver em família naqueles dias mais cinzentos. Porém, desenganem-se se pensam que terão aqui um produto que conseguirá rivalizar com os gigantes da animação. Tem claramente o seu charme e uma mensagem sobre a amizade que trará prazer para os rebentos, mas o seu impacto final deixa bastante a desejar.

Jungle Beat: The Movie Crítica de Cinema

Isto porque Jungle Beat: The Movie pede emprestado elementos já familiares de filmes claramente superiores, sejam eles animados por computador ou não. Não quer dizer que existam más sequências durante o seu curso, mas no meio de tanta “homenagem”, o filme acaba por não trazer algo que o consiga tornar distinto entre a concorrência. É praticamente um passatempo para toda a família. E nessa questão, a tarefa está mais do que cumprida. Só não esperem daqui algo verdadeiramente inovador, tornando-se assim um filme de consumo rápido para um fim-de-semana em família, e pouco mais do que isso.

As famílias caseiras poderão encontrar aqui uma espécie de entretenimento fácil, com cores vibrantes, uma história simples e alguns designs das personagens bastante engraçadas. No entanto, não esperem de Jungle Beat: The Movie como a Oitava Maravilha do Mundo. Comprometeu-se a entreter as crianças e cumpriu com o seu dever. No entanto, é um filme básico e de consumo rápido que entretém de imediato e não faz mais por isso.

Podem ler outras Críticas aqui.

Título: Jungle Beat: O Filme

Título Original: Jungle Beat: The Movie

Realização: Brent Dawes

Elenco: Ed Kear, David Menkin, David Rintoul, Jason Pennycooke, John Guerrasio, Ina Marie Smith

Duração: 88 minutos

Trailer | Jungle Beat: The Movie

Comments