Mini-Reviews TV TV

Love, Death + Robots – Season Finale – Volume 2

Love, Death + Robots season finale

PODE CONTER SPOILERS DE LOVE, DEATH + ROBOTS!!!

Em 2019, a Netflix, em conjunto com os cineastas Tim Miller (DeadpoolTerminator: Dark Fate) e David Fincher (MankThe Girl with the Dragon Tattoo), lançou Love, Death + Robots, uma série antológica em formato animado, que permitiu que novos talentos pudessem contar as suas próprias histórias entre diversos estilos de animação. Entre umas histórias cativantes e outras nem tanto, a série ganhou um merecido estatuto de culto entre os fãs do género da animação. Pois bem, dois anos se passaram desde então, e eis que a série teve direito ao seu regresso triunfante!

Nesta segunda temporada (ou Volume 2, de acordo com a página da Netflix), Love, Death + Robots oferece-nos mais 8 histórias curtas, com temas e estilos diferentes entre si.

Love, Death + Robots season finale

O MELHOR:

Tal como o volume que lhe antecede, Love, Death + Robots aposta forte na sua variedade, e acaba por sair um grande vencedor.

E isso torna-se mais do que claro aquando dos estilos de animação empregues. Desde a animação foto-realista até à animação tradicional com um ou outro elemento digital, não falta nada para apaziguar os gostos de cada um dos fãs que decida sintonizar a série no seu todo.

O mesmo se aplica aos temas que cada curta-metragem tenta abordar. Ainda que se insiram em alguns já anteriormente abordados – nomeadamente o terror, ficção científicas e algum humor pela mistura – a maior parte deles partilha o mesmo tema: o sentido da vida e da própria humanidade. Quer seja a luta pela sobrevivência (Life Hutch), a desconstrução das nossas próprias expectativas (All Over The House) ou a questão dos nossos próprios valores face à sociedade que nos rodeia (Pop Squad), há de tudo um pouco, ainda que existam alguns que consigam sobressair-se.

Love, Death + Robots season finale

Claro que, entre a variedade de episódios, existem alguns que irão captar a nossa atenção. Alguns deles incluem: Automated Customer Service, que toma uma abordagem mais à la dark comedy ao pesadelo da ascensão das máquinas (e também da inutilidade do serviço ao cliente); All Through the House, uma curta natalícia com um toque mais macabro que o esperado; The Drowned Giant, visualmente apelativo e que oferece uma perspetiva sobre a nossa própria mortalidade; e The Tall Grass, optando por um estilo que relembra Spider-Man: Into the Spider-Verse e que aposta numa história de terror inspirada nos trabalhos de H.P. Lovecraft.

O PIOR:

Ainda assim, entre tanta variedade, há certos episódios deste segundo volume de Love, Death + Robots que desiludem, apesar de estarem bem animados em geral.

Nem tem muito a haver com a animação em si ou os temas que pretende abordar, mas sim por oferecerem-nos histórias relativamente familiares. Por exemplo, Pop Squad. Tem uma premissa interessante (uma sociedade que trocou a natalidade pela imortalidade funcional), mas acaba por tratar-se da história de um polícia que decide mudar a sua abordagem no que refere à forma como vê o mundo à sua volta. Life Hutch. É tenso, é brilhantemente animado (e ainda por cima conta com Michael B. Jordan como protagonista!), mas não é nada de novo que já não tenhamos visto antes.

E ainda existe a questão do número de episódios. Enquanto que o volume 1 consistiu em 18 episódios, este volume consiste apenas em 8. Por um lado, permite uma visualização rápida, ideal para uma sessão rápida de binge-watch; mas por outro, ficamos com o desejo de ver mais do que o volume nos ofereceu.

Love, Death + Robots season finale

Embora não seja tão brilhante como o volume que lhe antecede, Love, Death + Robots continua a ser uma entrada de sucesso para a Netflix, tornando a oferecer um pouco de tudo e para todos os gostos. Pode ser curto demais para alguns, mas não deixa de ser uma distração momentânea.

E felizmente, não teremos de esperar tanto, uma vez que a Netflix confirmou que Love, Death + Robots não só terá um terceiro volume, mas também a sua estreia decorrerá já no próximo ano! Portanto, resta esperar para ver que outras histórias a série nos reserva até lá.

Podem ler a nossa Mini-Review anterior de Love, Death + Robots aqui.

Estado da série: RENOVADA

0 67 100 1
67%
Average Rating

Comments