Mini-Reviews TV TV

Shrill – Series Finale – 3ª Temporada

Shrill Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE SHRILL!

Uma das comédias underdogs da Hulu chega ao fim e, felizmente, o resultado é mais positivo que negativo, fazendo com que Aidy Bryant ascenda ao estatuto de superestrela cómica que tanto merece. Annie rompeu o seu namoro com Ryan e está à procura de um futuro romântico estável; enquanto que a sua melhor amiga Fran está no auge do seu romance com Emily e querem dar o próximo passo para conhecerem as suas famílias. Nisto, depois de muitas tentativas frustradas, Annie acaba por conhecer um promissor cavalheiro que parece ser tudo aquilo que a mesma procura, mas o primeiro encontro não foi tão positivo quanto isso. Shrill é uma comédia ligeira e bem intencionada, que acaba por surpreender com o seu fluxo narrativo simples e sem grandes complicações, ainda que tenha deixado algumas arestas por limar na sua conclusão.

Shrill Series Finale
(!) ALL IMAGES ARE PROPERTY OF HULU

O MELHOR:

Aidy Bryant é extraordinariamente graciosa e conseguiu conduzir esta pequena pérola de forma bonita e prazenteira.

Mesmo não sendo algo de muito rebuscado, o humor de Shrill é cativante e realça os valores humanos de uma maneira genuína e suave, sem enveredar por temas mais delicados. É também uma série que ganha pela química entre personagens e por explorá-las (no seu geral) com uma leveza natural que se torna a sua maior arma. As presenças de John Cameron Mitchell e Ian Owens também reforçam um elenco divertido e cujas personalidades contrastam equilibradamente com o tipo de humor de Shrill.

O facto da série não seguir a fórmula cliché na sua temporada final, seja por episódios em flashback para retratar como algumas personagens se conheceram e por evitar seguir a relação que manteve a série desde o seu início, torna Shrill em algo que foge do normal nas comédias do género. Mas infelizmente, a série acabou por negligenciar uma das suas personagens iniciais e preferiu dar seguimento apenas a Annie e aos que compõem o seu mundo.

Shrill Series Finale
SHRILL — Episode 303 – Annie demands more hard-hitting assignments at the Thorn’s annual creative retreat. Fran has trouble making friends at her new job. Annie, Fran, Ruthie, and Maureen have a girls’ night out to help Annie get her mind off Nick. Maureen (Jo Firestone), Fran (Lolly Adefope), Ruthie (Patti Harrison), Annie (Aidy Bryant), shown. (Photo by: Allyson Riggs/Hulu)

O PIOR:

Por muito suave e adorável que Shrill seja, a personagem de Luka Jones ficou ao abandono desnecessariamente.

Mesmo que se tornasse uma opção Ryan ter obrigatoriamente de seguir um rumo diferente, penso que seria importante para o espectador ter uma noção do seu destino, fosse ele qual fosse. O facto de ser uma personagem principal nas restantes temporadas, faz com que fosse imperativo fazer-se uma abordagem da mesma até lhe dar, de facto, uma conclusão. Há aqui todo um privilégio de Bryant que, por muito que seja normal por ser a estrela da série, não havia necessidade de se negligenciar uma personagem que foi tão importante outrora só porque já não pertence à vida da protagonista.

Fica uma estranha sensação no ar de que Bryant quis que o foco fosse exclusivo no seu protagonismo e revela falta de sensibilidade em entender que os fãs podem querer saber a conclusão das personagens principais que construiu desde o início. Portanto, Shrill termina numa nota simpática, com o seu charme habitual e personagens amorosas, mas acaba por perder por descartar Jones e não ser criativa o suficiente para lhe dar um final, fosse ele qual fosse.

Shrill Series Finale
SHRILL — Episode 308 – The Thorn staff hears rumors that the paper has been sold. Annie crosses a boundary with Will and puts their relationship in jeopardy, while Fran and Emily have a serious fight. Fran and Annie lean on each other and wonder about their future. Fran (Lolly Adefope) and Annie (Aidy Bryant), shown. (Photo by: Allyson Riggs/Hulu)

Estado da Série: TERMINADA

Leiam a nossa Mini-Review anterior de Shrill aqui.

0 70 100 1

70%
Average Rating

Shrill chega ao fim com uma temporada muito agradável e que eleva Aidy Bryant como comediante, ainda que a mesma tenha descartado uma personagem fulcral desnecessariamente e acabe por dar a sensação de um pouco de egoísmo repreensível.

  • 70%

Comments