Anime TV

Yuukoku no Moriarty – Season Finale – 1ª Temporada

CONTÉM SPOILERS DE MORIARTY!

Um dos animes que mais me marcou na temporada de outono de 2020 foi Yuukoku no Moriarty,. Dentro do género histórico, mistério e psicológico, o anime proporciona-nos uma viagem intensa, retratando a realidade de Londres em plena época Vitoriana, expondo como a sociedade se encontrava completamente dividida por classes. Conta a história de Albert, o filho mais velho do Conde Moriarty, que tem aversão ao sistema social enraizado no império, e graças ao encontro com os dois irmãos que ele acolhe de um orfanato, começa a surgir um enorme projeto com intuito de purificar o mundo. É aqui que presenciamos o início da desconhecida historia de Moriarty, o Némesis do detetive mais famoso do mundo, Sherlock Holmes.

O MELHOR: 

Quem não tem aquela personagem anti-herói que nos cativa mais do que os próprios heróis?

Um dos pontos mais positivos deste anime é mesmo abranger a história do “anti-herói” Moriarty, o arqui-inimigo do mundialmente famoso Detetive Sherlock Holmes. O ambiente Vitoriano de Londres proporciona-nos uma longa viagem histórica, onde iremos desfrutar de grandes “batalhas” psicológicas, assassinatos, psicopatas, génios, e por aí fora.

A nível de produção, a Production I.G, (responsável por muitos animes marcantes e de ótima qualidade como Shingeki no kyojin e Haikyuu!!) consegue entregar uma narrativa ótima, que se preocupa com as personagens, com o modo mais apropriado de apresentar um vilão e proporciona um ambiente adequado que realça todos esses pontos.

Uma história que foge aos “padrões” do que costumam ser os animes e filmes baseados na literatura, especialmente da obra Sherlock Holmes, e que foi genialmente bem adaptada nesse anime, em vez de seguir a linha de resolver crimes, por que não mostrar o outro lado do cenário?

Cada episódio entrega-nos uma dose empolgante de mistério e nunca sabemos qual será a direção que a narrativa irá tomar; ao desenvolver um mecanismo próprio de exposição de pistas, o próprio espectador sente-se na pele de um “detetive” e provoca uma sensação de maior envolvimento.

Animação e a banda-sonora levam-nos a experimentar cada momento, realçando diversos sentimentos, resultando muitas vezes numa maior proximidade com os próprios personagens, sendo que, neste caso, a banda-sonora está extremamente bem adequada, conseguindo transmitir de forma muito suave (e ao mesmo tempo marcante) aquilo que as personagens sentem, assentando num registo que evoca as emoções necessárias.

Apesar de grande parte do guião ter sido retirado tanto do mangá, como também da própria obra de Sherlock Holmes, o realizador de Moriarty consegue de forma infame colocar um determinado ponto social nas ações exercidas na história, fazendo com que o argumento e narrativa fiquem coesos e alinhados, sem “pontas soltas”, e, por conseguinte, causam uma imersão atípica naquele mundo. O anime não dececiona desde a primeira linha de diálogo até a ultima, onde tudo é perfeitamente coeso e canónico.

Uma produtora que sabe trabalhar em diversas frentes distintas, e que sempre entrega um produto de alta qualidade: uma banda-sonora que proporciona uma experiência enriquecedora a cada segundo, fazendo com que a nossa imersão seja intensa, juntamente com uma realização que consegue transmitir de forma genial as mensagens que o autor queria passar com a sua obra. Todos estes pontos só levam a uma conclusão: o anime tem um mérito que fala por si.

O PIOR:

Não há nada a declarar de pior; o anime é simplesmente brilhante, apesar de não estar cotado como merecia no IMDB. Penso que, por se se tratar de um anime de mistério e de teor psicológico, e por não ter tantas cenas de ação, reduzindo as exigências de um grau mais elevado de atenção, pode não ser do agrado de todos, mas nada invalida o sumo do que pretende ilustrar.

Estado da Série: RENOVADA

Leiam outras Mini-Reviews de Anime aqui.

0 90 100 1

90%
Average Rating

Yuukoku no Moryary é o melhor anime de temática histórica, mistério e terror psicológico. Uma adaptação brilhante da grande obra de Sherlock Holmes que nos apresenta uma versão antagónica dos factos.

  • 90%

Comments