Cinema Críticas

Crítica: Scooby-Doo! The Sword and the Scoob (2021)

Scooby-Doo Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE SCOOBY-DOO! THE SWORD AND THE SCOOB!

Scooby-Doo é provavelmente um dos desenhos animais mais populares (e mais divertidos!) da Hanna Barbera e a saga continua até aos dias de hoje com novas séries, filmes e live-actions constantes para manter a sua vasta legião de fãs atenta às mais recentes aventuras do Mystery Gang e ao desvendar dos casos sobrenaturais mais bizarros que existem! Neste novo filme, Scooby-Doo e os seus amigos fazem uma viagem no tempo e são enviados para Camelot (!) com que Shaggy partilha algumas origens de sangue. Mas, claro, toda esta nova aventura esconde um segredo misterioso que os nossos heróis precisam de descobrir para que possam regressar a casa.

Scooby-Doo Critica de Cinema

Ainda fresquinhos do mais recente filme animado Scoob!, são raras as oportunidades de voltarmos a reencontrar o Great Dane mais famoso da televisão no seu esplendor e num estilo animado que nos remete para a nostalgia dos anos 90, e Scooby-Doo! The Sword and the Scoob podia ser exatamente aquilo que precisávamos. No entanto, isso não se confirma. Com um elenco vocal de luxo, Scooby-Doo! The Sword and the Scoob acaba por não conseguir reunir os elementos tão carismáticos que tornam estas aventuras tão apetecíveis para as gerações. Apesar do humor ter sempre algum momento carismático, o filme acaba por se atrapalhar com a temática que nunca sabe bem onde assentar. A animação acaba por ser o aspeto mais positivo, já que atribui ao desenho 2D um brilho próprio e uma sensação de modernidade que respeita os alicerces da criação deste universo de Scooby-Doo.

O problema deste filme em particular consiste mesmo na evolução do argumento e no precário desenvolvimento de personagens, removendo algumas das características mais deliciosas de Scooby-Doo e alguns dos seus filmes mais clássicos, em especial, Scooby-Doo and the Ghoul School, e entrando numa área em que é difícil para os argumentistas conseguirem controlar uma história que dispara para todo o lado e é demasiado óbvia (até mesmo para uma criança pequena) em desvendar o resultado final do mistério. As personagens principais acabam por ter pouco destaque nas suas particularidades específicas, tornando o filme bastante banal e desprovido de emoção. Mas Scooby-Doo não deixa de nos encantar com as suas saídas mais engraçadas, e algumas piadas surtem efeito, fazendo com que este filme em si seja mais agradável e inofensivo para o franchise que continua a progredir.

Scooby-Doo Critica de Cinema

Portanto, Scooby-Doo! The Sword and the Scoob é um filme ligeiro, que conta uma aventura não-muito-boa do Mystery Gang e que, mesmo dentro da sua infeliz composição, ainda nos consegue arrancar um sorriso. Talvez seja a altura ideal para reduzir as opções de adaptação de Scooby-Doo, já que a criatividade não está propriamente a trazer frutos nenhuns para as muitas aventuras que vimos destes intrépidos investigadores. Para além disso, Scooby-Doo tem uma génese que se aproxima mais de Courage, the Cowardly Dog do que propriamente duma aventura de fantasia inserida na história dos Cavaleiros da Távola Redonda, perdendo a força do magnetismo dos contos de mistério e de terror que são, de facto, os valores tradicionais (e, por conseguinte, mais aliciantes) de todo o universo de Scooby-Doo.

Se procuram um programa em família ligeiro, Scooby-Doo! The Sword and the Scoob pode preencher esse espaço, mas não esperem por um filme que mantenha a fórmula de sucesso que conheceram na vossa infância. É um filme banal, sem grande alma, mas que acaba por ter uma animação melhorada e algumas piadas que surtem efeito, mas que não o torna memorável em nenhum aspeto.

Scooby-Doo Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Scooby-Doo na Corte do Rei Artur

Título Original: Scooby-Doo! The Sword and the Scoob

Realização: Maxwell Atoms, Christina Sotta & Melchior Zwyer

Elenco: Nick Frost, Jason Isaacs, Matthew Lillard, Kate Micucci, Greg Ellis, Grey Griffin, Fred Tatasciore, Frank Welker, Kari Wahlgren.

Duração: 76 min.

Trailer | Scooby-Doo! The Sword and the Scoob

Comments