Cinema Críticas

Crítica: Koe no Katachi (2016)

Koe no Katachi Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE KOE NO KATACHI!

Sendo apelidado de um dos filmes mais absorventes e emocionais do anime recente, Koe no Katachi é uma jornada de redenção de um bully que, durante o período da escola primária, atormentou e agrediu uma colega sua de nome Shoko Nishimiya, que é surda e está a passar uma fase delicada de adaptação. Anos mais tarde, depois da jovem Shoko ter abandonado a escola que lhe criou tantos problemas, o seu bully, chamado Shôya Ishida, tenta reaproximar-se da mesma, tentando desculpar-se da sua conduta enquanto criança rebelde e sem rumo.

Koe no Katachi Critica de Cinema

Koe no Katachi é um filme que tem uma mensagem doce, ainda que a sua execução deixe algo a desejar. Tem uma animação suave, que atribui características muito específicas às suas personagens e que acaba por conseguir desenvolvê-las (em geral) com um intuito de refletir sobre o processo de maturação e das consequências terríveis que o bullying exerce sobre as suas vítimas. Por muito que Koe no Katachi consiga conquistar com a sua ternura e personagens adoráveis, é um exercício que tem dificuldades em saber onde assentar face à problemática que aborda. Prolonga-se demasiado com situações desnecessárias e acaba por abrandar o clímax que nunca consegue ser bem substanciado pelas diversas linhas de história que engloba em si. O problema, é que Koe no Katachi é tão focado na redenção e coming-of-age do seu protagonista, que acaba por negligenciar um dos aspetos mais importantes: a condenação e devido castigo infligido aos bullies. Enquanto que Ishida tenta mudar os seus hábitos e esforça-se para conquistar Nishimiya, já os seus restantes companheiros de atitudes dúbias e condenáveis, continuam a exercer agressões sobre a jovem e nunca chega uma repreensão ou um processo de maturidade que faça justiça à mensagem principal que Koe no Katachi pretende ilustrar.

Isto para dizer que o filme, por muito bonito que seja, acaba por não conseguir ser direto no que pretende ilustrar, e suaviza a temática em determinadas circunstâncias, revelando uma falta de criatividade notória na exposição da sua delicada abordagem. Enquanto que explorar as personagens secundárias seja uma vertente positiva e ambos os protagonistas sejam bastante carismáticos e nos encham o coração com um sentimento genuíno, já a infantilização das situações torna-se incomodativa e rompe com o envolvimento, forçando o público a tirar conclusões pouco concisas sobre aquilo que é pretendido mostrar sobre o bullying. Apesar disto quebrar com a seriedade com que encaramos Koe no Katachi, o filme acaba por florescer quando se foca nos dilemas internos, quer de Ishida, quer Nishimiya e na sua bonita e doce relação. São protagonistas bastante apelativos, e que instantaneamente nos prendem, com todas as particularidades deliciosas das suas personalidades, e em especial, na sua ingenuidade face ao amor que inevitavelmente brota entre ambos.

Koe no Katachi Critica de Cinema

Sem nunca cair em melodramas desnecessários, mas também não sabendo ser coeso na abordagem da sua temática principal, Koe no Katachi é um filme visualmente belo, que tem uma estrutura apelativa, mas acaba por incluir demasiados aspetos dramáticos desnecessários para aumentar o envolvimento do público com o romance e redenção do protagonista, prolongando-se por uma duração que não lhe permite ascender a algo genial. Utilizando este melodrama, o filme acaba por manipular o espectador em tentar esquecer o tratamento do bullying que nunca é tratado com a severidade que realmente merece, fazendo com que as personagens responsáveis pelo mesmo, nunca consigam ser verdadeiramente repreendidas e de nunca transmitir o seu arrependimento como algo palpável (e necessário) para se tornar cinema progressivo. Doce, mas suave, Koe no Katachi é uma obra bonita, com uma animação irrepreensível, mas que peca por não ser equilibrado na seriedade com que tinha obrigatoriamente que abordar a temática do bullying.

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Uma Voz Silenciosa

Título Original: Koe no Katachi

Realização: Naoko Yamada

Elenco: Miyu Irino, Saori Hayami, Aoi Yûki, Kenshô Ono, Yûji Kaneko, Yui Ishikawa.

Duração: 129 min.

Trailer | Koe no Katachi

Comments