Anime TV

B: The Beginning – Season Finale – 2ª Temporada (Succession)

B: The Beginning season finale

PODE CONTER SPOILERS DE B: THE BEGINNING!!!

Netflix não é estranha em criar o seu próprio conteúdo original. Pode ter começado pelas séries, mas depressa estendeu a sua para outros ramos da indústria do entretenimento. Filmes, especiais de stand-upreality shows… Séries de animé podem ser uma adição mais “recente” ao catálogo do serviço de streaming, mas pelo menos conta com alguns títulos que depressa despertaram o interesse geral das pessoas. Uma dessas séries é B: The Beginning, uma série que, apesar de ter alguns pontos a seu favor, tem algumas falhas que a tornam difícil de acompanhar. Três anos depois da sua estreia, eis que a série regressa para a sua muito aguardada segunda temporada!

Arrancando pouco tempo depois dos eventos da primeira temporada, B: The Beginning começa com o misterioso rapto de Keith (Hiroaki Hirata), ao mesmo tempo que Koku (Yûki Kaji) é aliciado a juntar-se a Kirisame (Junko Minagawa), um amigo de infância com ambições de estabelecer uma nova ordem mundial que favorecerá a sua espécie.

B: The Beginning season finale

O MELHOR:

A animação exibida em B: The Beginning serve de justificação mais do que ideal pela separação (exagerada) de tempo entre temporadas.

Production I.G. dispensa algumas apresentações nesta altura do campeonato, uma vez que se trata de um dos estúdios mais experientes em termos de apresentação gráfica. Séries como Ghost in the Shell: Stand Alone ComplexPsycho-Pass ou Neon Genesis Evangelion: The End of Evangelion são apenas algumas das suas melhores produções até à data, e isto sem contar com as produções que se encontram em produção de momento.

Isto para dizer que, entre o anúncio e a estreia desta nova temporada de B: The Beginning, o estúdio teve bastante tempo para conseguir aperfeiçoar a sua técnica, e os resultados estão bem à vista. Existe muito por onde apreciar, seja no seu espaço cénico, na coreografia das sequências de ação ou mesmo na mistura entre a animação tradicional e os modelos tridimensionais. Fica mais do que patente a clara dedicação da produção para esta temporada.

B: The Beginning season finale

O PIOR:

Apesar de ter este bom aspeto visual, esta temporada de B: The Beginning representa um retrocesso a nível da escrita.

Rondando uns meros seis episódios na sua totalidade, fica mais do que aparente que a série pretendia contar algo mais do que o que foi revelado. A maior parte das personagens presentes na temporada anterior ficam em banho-maria, dando prioridade às principais, ao passo que somos também apresentados a um novo grupo de antagonistas que, apesar de terem algumas ligações com Koku, simplesmente deixam a desejar em termos de exploração das suas histórias e personalidades. Tirando um breve olhar ao passado e personalidade de Keith, o resto das personagens parecem estar praticamente à deriva, sem qualquer arco de interesse para justificar a nossa atenção.

A própria história da temporada deixa a desejar nesse aspeto. Fica mais do que claro que existe um mistério aqui que merece ser visto, esmiuçado e apreciado, mas com uma quantidade pequena de episódios, o resultado final deixa um travo amargo na boca. Fica claramente a ideia de que esta temporada, no fim de tudo, está a fazer os preparativos para uma eventual terceira temporada (que pode ser confirmada ou não ou, na pior das hipóteses, poderá acontecer num futuro próximo.

B: The Beginning season finale

B: The Beginning pode até ter um aspeto invejável, mas conta com uma narrativa e um trabalho nas personagens que fica bastante aquém do desejado. E considerando que existem três anos que separam esta temporada da antecessora, não existem desculpas possíveis nesse departamento. É um produto que tem os seus momentos que, infelizmente, não mascaram os seus defeitos mais do que aparentes.

Podem ler a nossa crítica à temporada anterior de B: The Beginning aqui.

Estado da série: STAND-BY

0 45 100 1
45%
Average Rating

Apesar de contar com uma componente técnica impressionante, esta segunda temporada de B: The Beginning deixa bastante a desejar nos restantes departamentos.

  • 45%

Comments