Mini-Reviews TV TV

Search Party – Season Finale – 4ª Temporada

Search Party Season Finale 1

CONTÉM SPOILERS DE SEARCH PARTY!

Enquanto Dory (Alia Shawkat) percebe que foi sequestrada por um fã obcecado, seus melhores amigos e ex-namorado, acreditando que foram abandonados, buscam novos rumos para suas vidas. Só pela sinopse já vale destacar que um dos grandes acertos de Search Party é se reinventar a cada temporada sem perder a qualidade. Muito pelo contrário, depois de uma terceira temporada que considero a melhor da série, o quarto ano chega com um ótimo fôlego para novas e certeiras críticas da geração millennial.

Aliás, começar o texto falando sobre essa representação dos millennials parece-me necessário. Já vi comentários sobre a série dizendo que é uma sátira dessa geração, mas com o passar dos episódios, percebo que é quase um retrato fiel. Todos os personagens são insuportavelmente egoístas e movidos por motivações próprias e idealizadas, com medo de quase nada no percurso e nas consequências de todos os atos que cometem para atingir seus objetivos. Mas isso não nos afasta deles. Talvez por fazer parte da geração, o sentimento é quase de reconhecimento e identificação com boa parte das atitudes que vejo ali; e essa é uma das maiores qualidades da série desde o começo.

Para além disso, a parte cómica, quase constrangedora e com momentos que se aproximam da tensão, casa perfeitamente com o clima proposto e traz algumas das melhores piadas que me lembro ter visto na TV nos últimos anos. Nada supera o “murdered or pancaked” da temporada anterior, mas o quarto ano traz momentos icónicos, como a perseguição de carro em círculos e os discursos do episódio final.

O final, que serve perfeitamente como um fim para a série, caso o cancelamento aconteça, o sentimento é de questionar escolhas, vontades, caminhos e consequências. Angústias que passam por todos os humanos em algum grau, mas que parecem terem-se intensificado na geração retratada. Dory confronta todos esses pontos, chegando a transformar-se e a sabotar-se quando percebe que não é especial e que não consegue definir o sentido de sua vida. Ela e os seus amigos são superficiais e profundos, ambiciosos e vazios, e, de novo, conversam com todos nós. Search Party é mais real do que parece e faz rir mais do que talvez deveríamos quando nos vemos na tela.

Search Party Season Finale

O MELHOR:

Além da raridade que é uma série se manter por quatro temporadas em nível altíssimo, acredito que o último ano se destaca bastante pelos convidados. Os personagens recorrentes, aliás, são um dos grandes destaques, todos super bem construídos e problemáticos (saudades dos advogados da temporada anterior). Nessa temporada, nomes como Ann Dowd, Busy Philipps (nossa, o filme da Portia…) e Susan Sarandon apenas reafirmam isso.

A já citada crítica/retrato dos jovens dos dias de hoje segue sendo o principal destaque. Vemos Drew (John Reynolds) em um relacionamento em que está menos envolvido que a parceira, Elliot (John Early) defendendo ideologias políticas diferentes da sua em rede nacional a troco de um questionável sucesso e fama, Portia (Meredith Hagner) encarnando a melhor amiga (e questionando as definições de boa amizade) num filme sobre a história dos quatro protagonistas e Chantal (Clare McNulty) acomodando-se a qualquer situação, mesmo quando vai parar na prisão sem ter cometido crime algum e está relutante em sair por já estar se adaptando ao lugar. É um puro sumo de geração millennial.

Search Party Season Finale

Search Party – Season 4, 407, B3, D9

O PIOR:

Sendo suspeito para falar, uma vez que esse fator me incomodou cada vez menos com o passar das temporadas, destaco como uma falha da série a grande presença de coincidências que quase funcionam como deus ex machina para vários movimentos do roteiro e viradas geniais, como quando a história do livro escrito por Chantal estar diretamente ligada com uma trama de Elliot por conta do acaso.

Na terceira temporada, vale lembrar, a revelação de quem é o fã obcecado de Dory é quase uma que é anti-climática quando descobrimos que se trata de um personagem que não tinha sido introduzido anteriormente.

A falta de verosimilhança nesses momentos pode incomodar algumas pessoas, mas jamais prejudica o resultado final da série.

Search Party Season Finale 4

Estado da série: STAND-BY

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 95 100 1
95%
Average Rating

A parte cômica, quase constrangedora e com momentos que beiram a tensão, casa perfeitamente com o clima proposto por Search Party e traz algumas das melhores piadas que lembro de ter visto na TV nos últimos anos.

  • 95%
  • 95%

Comments