Cinema Críticas

Crítica: 76 Days (2020)

76 Days Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE 76 DAYS!

Como já não é novidade para ninguém, vivemos em tempos problemáticos com a pandemia de COVID-19 que está a devastar o nosso mundo como o conhecemos, a dizimar aqueles que nos são mais queridos e, mesmo assim, ainda estamos muito relutantes em percebê-lo ou até mesmo a acreditar na sua existência. 76 Days é o documentário que acompanha os médicos e enfermeiros que estiveram na linha da frente no início da pandemia na cidade de Wuhan, na China, onde foram registados os primeiros casos deste vírus. Durante 76 dias, estes heróis tentam salvar vidas, lidar com as frustrações de não conseguirem salvar todas e ainda de se sujeitarem ao desespero de milhares de pessoas que tentam infiltrar-se nos hospitais quando não há vagas suficientes. É um documentário deveras cativante, que nos mostra tudo aquilo que é necessário fazer em termos de protocolos médicos, para além de toda a componente psicológica que está inerente ao contacto com diferentes pessoas de diferentes mentalidades.

76 Days Critica de Cinema

Ao longo de 76 Days vamos conhecendo e afeiçoando-nos aos muitos pacientes e heróis que combatem o impacto deste vírus mortal. Ainda que precisasse de ser um pouco mais esclarecedor da raiz desta pandemia (algo que é necessário para que todos os seres humanos deste planeta consigam ter respostas para a disrupção drástica do seu quotidiano e pela responsabilidade das muitas mortes que dele advieram), é um exercício de cinema corajoso, que nos faz criar uma empatia por estas personagens carismáticas e que tentam, a todo o custo, levitar a astral dos seus pacientes; de criar as melhores condições possíveis para o seu dia-a-dia doloroso e, acima de tudo, de preservarem a sua sanidade mental com o ritmo descontrolado de infetados que lhes chega diariamente às instalações. Há, claro, uns que se destacam mais de outros, e aqui terem de dar SPOILERS porque há, de facto, uma personagem que me conquistou. Um sénior que sofre de demência que atormenta inicialmente a equipa de médicos e enfermeiros por se recusar permanecer nas instalações mesmo estando infetado com COVID-19. Após muita resistência, médicos e restante equipa consegue adaptar-se a estas circunstâncias e tornar o dia deste senhor bem mais prazenteiro para ambas as partes. Até quando temos de nos despedir do mesmo é inevitável um sorriso sentido e uma vitória com uma gargalhada genuína depois desta personagem icónica nos ter evocado um pouco de humor numa época de trevas.

76 Days tem uma montagem fabulosa e o seu ritmo nunca nos deixa fatigado. Mesmo que seja um registo muito rotineiro (mas que não teria outra hipótese de ser mais criativo neste aspeto), 76 Days é íntimo, cru, genuíno e absolutamente imperdível para que consigamos dar valor aos heróis que estão nas linhas da frente de todo o mundo para nos salvar e dar atenção, mesmo quando a esperança parece desvanecer. É uma obra que inicia um novo ciclo para a Humanidade e que dá uma certa alegria numa altura altamente depressiva. Mesmo que lhe faltasse uma pitada de pesquisa científica que só o enriqueceria ainda mais, 76 Days é um filme documental que vale a pena ver e reter aquilo que tem de mais importante. O ser humano ainda tem capacidade de ser altruísta e de conseguir conciliar as suas melhores falhas e torná-las em esforços por um bem melhor. Durante 76 dias, Wuhan fechou as portas ao mundo e, gradualmente, e com os esforços incansáveis destes oficiais da saúde, pode voltar a ter alguma normalidade. Pode ser um filme que pode ajudar ainda a muitos governos e países a perceber que medidas devem ser administradas em prol de evitar que mais vidas se percam nesta altura tão tenebrosa.

76 Days Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: 76 Dias

Título Original: 76 Days

Realização: Weixi Chen & Hao Wu

Duração: 94 min.

Trailer | 76 Days

Comments