Cinema Críticas

Crítica: The Little Things (2021)

The Little Things Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE THE LITTLE THINGS!

Há todo um trabalho do cinema policial que é cativante. The Little Things é o novo thriller neo-noir de John Lee Hancock que tem três grandes atores no seu elenco e que absorve algumas características de clássicos do género, e dá-lhes um twist final engraçado, ainda que toda a sua composição seja algo genérica. Deke é um polícia que foi renegado a trabalhos de menor importância, depois do seu último caso no departamento de homicídios ter fracassado. Quando os cadáveres de jovens começam a aparecer com características semelhantes aos homicídios que Deke tentou solucionar no passado. É quando se alia a Jim Baxter, um ambicioso inspetor, que Deke consegue finalmente encontrar um suspeito destes crimes, sob a forma de Albert Sparma (interpretado por Jared Leto).

The Little Things Critica de Cinema

Antes de mais, tenho plena consciência que este era um dos filmes mais aguardados deste presente ano e não é para menos dado o seu elenco liderado por três estrelas cobiçadas de Hollywood. Como fã de cinema deste género, é com bastante desilusão que escrevo de The Little Things. É um filme pouco nivelado, com diálogos cuspidos à velocidade da luz e sem grande estímulo. As personagens, por muito porreiras que possam ser, acabam por sucumbir aos clichés mais habituais deste género e não trazem propriamente algo de novo para que o espectador perceba que está perante algo de diferente. Claramente inspirado em Se7en de David Fincher, The Little Things tem um protagonista soberbo em Denzel Washington, mas a sua personagem não é explorada de forma coerente, para além de Rami Malek ficar algo embaciado pelas prestações dos seus colegas que são bem mais trabalhadas. Jared Leto, embora com uma performance carismática, não consegue tornar esta sua personagem enigmática mais relevante para o enredo e fazer-nos temê-lo como devíamos. The Little Things é um display de bons atores numa história muito genérica e com pouca garra, que se prolonga desnecessariamente e atinge um beco sem saída.

Nem mesmo a componente técnica consegue salvar o filme da mediocridade e Hancock tem demasiada “palha” que não chega propriamente a lado nenhum, empanturrando a película com detalhes pouco convincentes ou, de certa forma, redundantes para o seu desenvolvimento. Por muito que exista mérito na atmosfera que o filme cria para dar uma camada mais pesada às suas personagens, o facto de não ter um elemento que o faça destacar dos demais filmes do género torna-se frustrante a longo e curto prazos. É difícil não nos agarrarmos a The Little Things pelos seus grandes atores, mas há que reconhecer que não é, de todo, um filme competente. O argumento é o maior defeito e Hancock não devia ser o responsável pela sua realização. Conhece demasiado bem a história e precisava de alguém que contornasse alguns dos muitos defeitos do seu guião, de forma a que as personagens se conseguissem realçar e serem mais apelativas para o público.

The Little Things Critica de Cinema
Denzel Washington and Rami Malek star in a scene from the movie “The Little Things.” The Catholic News Service classification is A-III — adults. The Motion Picture Association rating is R — restricted. Under 17 requires accompanying parent or adult guardian. (CNS photo/Nicola Goode, Warner Bros. Entertainment Inc.)

Ainda que o final consiga provar que The Little Things tem ainda alguns trunfos na manga, a sua extenuante duração faz com que se perca o interesse rapidamente e o facto de não chegar a conclusão nenhuma dentro do seu caso, leva-nos a perder um pouco a fé na mensagem principal que o filme pretende transmitir. É pena que este exercício de cinema desiluda mais do que nos encante, mesmo com o seu trio protagonista carismático. Há demasiadas falhas não exploradas, temperamentos que não assentam propriamente no contexto, diálogos demasiado rápidos e que carecem de pausas necessárias para se manterem credíveis e, acima de tudo, uma montagem pouco inspirada em seguir algumas das influências mais interessantes neste estilo de cinema.

Portanto, The Little Things acaba por ser um filme genérico, sem grande alma ou algo de novo a reter e que acaba por desperdiçar o talento dos seus atores em papéis pouco apetecíveis. Utiliza uma fórmula muito comum e carece de criatividade, para além de nunca conseguir propriamente deixar-nos desconfortáveis com a sua temática. Isso são aspetos que são essenciais para que se cultive um bom thriller e John Lee Hancock não é, de facto, o melhor realizador para explorar este género.

The Little Things Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: As Pequenas Coisas

Título Original: The Little Things

Realização: John Lee Hancock

Elenco: Denzel Washington, Rami Malek, Jared Leto, Chris Bauer, Michael Hyatt, Terry Kinney, Natalie Morales, Isabel Arraiza, Joris Jarsky, Glenn Morshower, Sofia Vassilieva.

Duração: 127 min.

Trailer | The Little Things

Comments