Cinema Críticas

Crítica: Psycho Goreman (2020)

Psycho Goreman Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE PSYCHO GOREMAN!

Quando o cinema independente consegue ser corajoso e aventurar-se por terras nostálgicas é caso para nos chamar à atenção. Psycho Goreman é uma divertida aventura, onde dois irmãos gémeos, Mimi e Luke, descobrem uma valiosa joia cintilante enterrada no seu quintal, e depressa se apercebem que podem controlar um monstro proveniente duma galáxia que deseja destruir a vida dos planetas a que chega. Os irmãos travessos acabam por tornar este monstro sedento por sangue no seu novo amigo, até que uma organização espacial invade a Terra para destruir este monstro a que os irmãos chamam de Psycho Goreman.

Psycho Goreman Critica de Cinema

Psycho Goreman é uma ode aos clássicos dos anos 70 e 80, num misto de comédia com aventura, muito sangue a jorrar para todos os lados e criaturas arrepiantes que se assemelham às aventuras espaciais de Star Wars e Star Trek. É uma obra com muito para oferecer e o realizador Steven Kostanski é um notório fã destes géneros que definiram uma geração. Os visuais retro assentam que nem uma luva e o humor é, em geral, extremamente agradável, proporcionando um serão único, bizarro e satisfatório para quem é verdadeiramente fã deste género de cinema. No entanto, é um filme que, por vezes, contém erros técnicos (que muitas vezes passam ao lado devido à sua criatividade argumentativa) evidentes e os atores não são propriamente talentosos o suficiente para nos agarrar.

Mas a verdade é que Psycho Goreman é, de facto, uma aventura muito diferente do habitual, capaz de nos transportar para o centro da sua ação de forma graciosa (talvez não seja o melhor termo… invulgarmente engraçada talvez seja mais adequado) e conjuga um conjunto de personagens maravilhosas, utilizando um humor direto e pouco afetivo para nos cativar ainda mais. Não é todos os dias que duas crianças estão-se pouco a marimbar por salvar um planeta, quando podem salvar apenas o seu próprio mundo. O bom de Psycho Goreman é a habilidade surpreendente de utilizar um ser sanguinário (e assustador de aspeto) e torná-lo num utensílio infantil em busca de aceitação, redenção e sentimentos puros que foram sempre ausentes da sua vida.

Psycho Goreman Critica de Cinema

E não se deixem enganar por esta doçura, porque o filme é completamente insano com a quantidade de sangue que sai de membros a voar, em esguicho até de uma televisão(!) e uma naturalidade óbvia em evidenciar aquilo que as crianças mais gostam de fazer para atingirem os seus fins: sejam elas birras, autoridade sobre os familiares para satisfazer as suas vontades e terem alguém que as defenda de quem lhes quer tirar notoriedade. Esta junção de valores infantis e uma luta carismática pela justiça com recursos muitas vezes práticos pela falta de um orçamento milionário, fazem com que Psycho Goreman defina um tipo de cinema muito próprio e crie uma nostalgia evidente para uma época em que o cinema não tinha medo de arriscar. Estamos a falar dum filme infantil que, ao mesmo tempo, de infantil não tem nada, mas devido à sua violência explícita irá ser ostracizado por muitos.

Portanto, Psycho Goreman é uma surpresa muito agradável que age como um ato corajoso de cinema numa altura de sensibilidades e suscetibilidades exacerbadas, mas que infelizmente só não consegue ser ainda melhor pela falta de talento da maioria dos seus membros do elenco e pela falta de orçamento que evidencia problemas técnicos notórios. Mas é altamente aconselhável para quem procura um entretenimento desprovido de clichés óbvios e não tenha receio de se rir ou de se divertir com sangue a ser disparado para todas as direções.

Psycho Goreman Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Psycho Goreman

Título Original: Psycho Goreman

Realização: Steven Kostanski

Elenco: Matthew Ninaber, Kristen MacCulloch, Rick Amsbury, Adam Brooks, Scout Flint, Nita-Josee Hanna, Owen Myre.

Duração: 94 min.

Trailer | Psycho Goreman

Comments