Cinema Críticas

Crítica: Six Minutes to Midnight (2020)

Six Minutes to Midnight Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE SIX MINUTES TO MIDNIGHT!

Estamos em 1939 e, como todos sabemos, a 2ª Guerra Mundial estava prestes a rebentar. Thomas Miller é um professor substituto de uma escola costeira para raparigas, que foram enviadas pelas suas famílias alemãs para aprenderem a língua e para se tornarem membros da Juventude Socialista. Thomas acaba por perceber o verdadeiro motivo após procurar por respostas para o estranho desaparecimento do antigo professor, mas as autoridades tentam descredibilizá-lo. Six Minutes to Midnight é um filme que conta com Judi Dench e Eddie Izzard nos principais papéis e é um filme muito pobre e que explora de forma muito leve a sua temática.

Six Minutes to Midnight Critica de Cinema

Apesar de prestações carismáticas e de ter visuais adequados, Six Minutes to Midnight é um exercício muito pouco substancial numa época em que havia tanto por onde explorar. A realização de Andy Goddard é melhor do que a escrita do argumento, já que acaba por ser um capítulo que passa muito despercebido no meio de tantas produções focadas no tema da 2ª Guerra Mundial. Claro que as personagens acabam por não ter tempo de antena para se desenvolverem melhor e sentimos que somos colocados um pouco de forma brusca neste cenário sem quase não termos noção do passado das mesmas. A ideia, em si, é cativante, mas carece de elementos dramáticos fortes que nos puxem verdadeiramente para o centro da ação.

Eddie Izzard, Judi Dench e Jim Broadbent arrancam as melhores prestações de Six Minutes to Midnight, num registo que não lhes faz justiça devido a um argumento apressado e pouco convincente. Não quero dizer que não se tira prazer de Six Minutes to Midnight, porque acaba por ser um filme competente nalguns aspetos. O seu maior problema é não ser tratado com a seriedade que necessitava, tornando-se algo comum e banal numa área que já tem um certo histórico já vasto. Este frágil desenvolvimento das personagens e uma tentativa de torná-lo um filme de espionagem repleto de ação acaba por não funcionar e perde-se imenso com características desinteressantes.

Six Minutes to Midnight Critica de Cinema

Ainda que Six Minutes to Midnight seja uma produção com uma componente técnica admirável, é pena que não tenha aprofundado mais a sua narrativa. Há potencial, mas retrai-se muito e acaba por fraquejar precisamente por não tomar riscos e de não nos elucidar para algo propriamente novo. Esta tentativa de criar uma tensão pouco credível de espionagem moderna num meio já com alguma idade não é também a melhor das opções, visto que a personagem de Izzard acaba por querer parecer mais cool do que realmente devia. No entanto, isto é uma visão pessoal própria de quem não conseguiu criar empatia com o filme, mas não descarto que haverão bastantes pessoas a identificar-se com ele. Afinal de contas, quem não gosta de filmes sobre a 2ª Guerra Mundial? Por muito banal e medíocre que Six Minutes to Midnight seja na minha opinião pessoal, não invalida que não haja potencial para apelar a muitos que procuram entretenimento do género.

Portanto, mesmo que não tenha ficado fã de Six Minutes to Midnight devido à sua superficialidade, não deixo de reconhecer que a nível técnico e performativo, é um filme muito competente. Talvez algo mais substancial me faria criar ainda mais empatia com o mesmo… mas tirem as vossas próprias conclusões.

Six Minutes to Midnight Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Seis Minutos para a Meia-Noite

Título Original: Six Minutes to Midnight

Realização: Andy Goddard

Elenco: Eddie Izzard, Judi Dench, James D’Arcy, Jim Broadbent, Kevin Eldon, Carla Juri, Nigel Lindsay, David Schofield.

Duração: 99 min.

Trailer | Six Minutes to Midnight

Comments