Cinema Críticas

Crítica: Um Pai no Meio do Caminho (2021)

Um Pai no Meio do Caminho Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE UM PAI NO MEIO DO CAMINHO!

Depois da surpresa agradável de Tudo Bem No Natal Que Vem, decidi dar uma oportunidade ao novo filme brasileiro, Um Pai no Meio do Caminho, que é protagonizado pela estrela sensação infantojuvenil Maisa Silva. Aqui acompanhamos a história de Vicenza, que vive com a sua mãe numa comunidade hippie longe da cidade, e que sempre desejou conhecer o seu pai. Por algum motivo, Raion, a mãe de Vicenza, nunca quis partilhar isso com ela, até que uma viagem à Índia, torna possível a jovem fugir da sua comunidade e deslocar-se até ao Rio de Janeiro, após descobrir uma foto em que a sua mãe se encontra com um homem que pode potencialmente ser o seu pai.

Um Pai no Meio do Caminho Critica de Cinema

Um Pai no Meio do Caminho é um feel good movie brasileiro que, infelizmente, não consegue conquistar. Tem alguns momentos doces, sem dúvida, e Eduardo Moscovis tem a melhor interpretação do filme, mas todo ele tem um acting pouco credível, e as semelhanças com Mamma Mia! revelam alguma falta de criatividade em termos narrativos. É mesmo um daqueles filmes à Netflix para agarrar a comunidade mais jovem e arrancar umas visitas ao streaming fáceis para toda a família. O problema é que Um Pai no Meio do Caminho não tem garra suficiente para sair da sua mediocridade… há toda uma parte extremamente estranha nas prestações, uma “doçura” muito forçada por parte da protagonista (que se torna creepy a certa altura… é quase como terem um peluche adorável que tem um sorriso encantador mas que esconde ali um segredo medonho e mal pode esperar por vos assassinar durante a noite… desculpem-me fãs da Maisa, mas não vou mentir) e uma história que é tão previsível quanto o próprio ar que se respira.

Tem uns momentos bonitos, sem dúvida, especialmente o captar do espírito brasileiro das festas e a prestação de Moscovis. A ideia de Um Pai no Meio do Caminho é interessante, mas já muito banal e esta versão está feita como se fosse um episódio de uma novela juvenil mais longo do que propriamente matéria para um filme. Infelizmente, a alegria contagiosa do povo brasileiro é aqui demasiado floreada e não há muito de credível para nos agarrarmos. E muito disto se deve, no seu geral, às prestações de novela e à falta de um realismo dramático essencial. Nem sempre devemos levar tudo com muita seriedade, e esse é o truque que Um Pai no Meio do Caminho acaba por surtir algum efeito, ainda que por breves e escassos momentos.

Um Pai no Meio do Caminho Critica de Cinema

A banda-sonora, repleta de temas catchy, de vários grupos brasileiros carismáticos é também um dos pontos fortes, mas não consegue acatar com toda a banalidade do argumento e ajuda a camuflar grande parte das sequências mais interessantes do ponto de vista performativo que fracassariam se os atores tomassem as rédeas das mesmas. Portanto, Um Pai no Meio do Caminho pode agradar a um público vasto pela alegria com que expõe a sua premissa, mas carece de um conflito interno necessário para nos cativar a longo prazo e tem atores que poderiam ter feito um trabalho melhor se se afastassem do registo das novelas da Globo e apostassem em algo mais dramático.

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Um Pai no Meio do Caminho

Título Original: Um Pai no Meio do Caminho

Realização: Cris D’Amato

Elenco: Maisa Silva, Eduardo Moscovis, Marcelo Médici, Pedro Otonni, Fafá de Belém, Thaynara Og.

Duração: 105 min.

Trailer | Um Pai no Meio do Caminho

Comments