Mini-Reviews TV TV

Disenchantment – Season Finale – Parte 3

PODE CONTER SPOILERS DE DISENCHANTMENT!!!

Em 2018, houve um grande burburinho em redor de Matt Groening e da sua nova série animada, Disenchantment. Apesar de contar com algumas piadolas engraçadas aqui e acolá, a série da Netflix revelou-se como uma série complicada de seguir, dando-nos uma vaga sensação de estarmos a ver uma espécie de The Simpsons medieval sem o charme característico. Ainda assim, existia uma clara fé na série, justificando uma segunda temporada e, agora mais recentemente, uma terceira!

Esta temporada arranca imediatamente após os eventos da final da temporada anterior, com Bean (Abbi Jacobson), Luci (Eric André) e Elfo (Nat Faxon) a serem resgatados de uma condenanção à morte. Com isto, Bean e os seus amigos continuam em novas aventuras em terras estranhas e enfretam novas ameaças contra o reino de Dreamland. Disenchantment season finale

O MELHOR:

Apesar de ser, claramente, a temporada mais fraca, Disenchantment até tem alguns momentos curiosos.

Ao contrário de The SimpsonsDisenchantment pode ter algo mais em comum com Futurama, a outra série animada mais conhecida de Matt Groening, no sentido de ter uma temática mais geral e um cuidado mais especial no tratamento das suas personagens. Embora a narrativa não tenha exatamente o tratamento necessário para a tornar numa must-see, são algumas personagens que acabam por salvar a série de uma desgraça total.

E nesse contexto, a temporada pertence a três personagens: Bean, Elfo e o Rei Zog (John DiMaggio), já que cada uma delas tem direito a material suficiente para nos conceder histórias cativantes. Por exemplo, temos uma instância de Bean a ter uma espécie de jornada de auto-conhecimento, Elfo a sofrer de um desgosto amoroso, o que os permite obter facetas mais complexas. Em comparação, o trajeto de Zog acaba por ter os seus momentos, mas não deixa de ser igualmente trágico, com o rei de Dreamland a enfrentar uma doença mental que o coloca a fazer mais grunhidos do que propriamente a ter momentos de lucidez.

No aspeto gráfico, Disenchantment continua igual às suas predecessoras, no sentido de não melhorar muito nem piorar. No entanto, há que conceder o crédito necessário aos bastidores da série por tomarem certos riscos com o seu world-building. E não há melhor exemplo disso do que através ao breve regresso a Steamland.

Disenchantment season finale

O PIOR:

Infelizmente, e tal como tinha mencionado acima, esta terceira temporada de Disenchantment é, sem dúvida, a mais fraca da série até à data.

A série pode tomar uma abordagem mais serializada, mas para isso é necessário que a sua narrativa tenha, no mínimo, pés e cabeça para andar para a frente. Infelizmente, a narrativa não se encontra tão presente quanto se desejava. E mesmo quando temos indícios de algo verdadeiramente mágico a tomar lugar, simplesmente deixa a desejar por não ter vontade de tomar certos riscos. Embora a série fique numa posição mais interessante perto do final, há momentos pelo meio que parecem supérfluos em comparação. E isto sem mencionar que, com um elenco de grandes dimensões, não existe tempo suficiente para dedicar à grande maioria. Torna-se ainda mais ultrajante quando isto se aplica a personagens-chave que já demonstraram ter material de interesse no passado.

E quanto menos se falar do humor, melhor! Esta temporada tem alguns momentos engraçados, mas conseguem ser tão esporádicos como pouco eficazes. E nos momentos em que consegue ser surpreendentemente eficaz, acaba por continuar de forma constante até perder o seu charme. Ou seja, durante o curso da temporada, Disenchantment não tem tanta piada quanto o desejado, sendo o efeito apenas esporádico e mal aproveitado da melhor forma.

Disenchantment season finale

Portanto, se forem fãs acérrimos de Disenchantment, pode ser que encontrem aqui algo para ver durante o fim-de-semana. Infelizmente, trata-se de uma temporada que não está ao mesmo nível das antecessoras. Considerando o estatuto das temporadas anteriores, de certa forma já seria de esperar.

Entretanto, a série ainda terá direito a uma quarta temporada, por isso é uma questão de ver se será possível aprender com os erros aqui presentes.

Podem ler a nossa Mini-Review anterior de Disenchantment aqui.

Estado da série: RENOVADA

0 55 100 1
55%
Average Rating

Disenchantment pode ter alguns bons momentos, mas nem mesmo estes conseguem mascarar os vários problemas que esta nova temporada atravessa, especialmente no que refere ao humor e à narrativa.

  • 55%

Comments