Cinema Críticas

Crítica: Hoodwinked! (2005)

Hoodwinked Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE HOODWINKED!

O ladrão dos doces está a atormentar os habitantes da floresta e os inimigos mais improváveis são entrevistados pelo intrépido investigador Nicky Flippers. Numa situação bizarra, o Capuchinho Vermelho, a sua avozinha radical, o Lobo Mau e o Lenhador precisam de contar à polícia os eventos que os levou a cruzarem-se e a suspeitarem uns dos outros. Hoodwinked! é provavelmente uma das maiores surpresas do cinema até aos dias de hoje, numa história fantástica repleta de canções maravilhosas e personagens meticulosas e divertidas, num registo aparentemente pateta e que é um dos melhores entretenimentos que se pode arranjar nesta época.

Hoodwinked Critica de Cinema

Jamais pensaria eu que iria ficar o fã número 1 de um filme com uma animação muito rudimentar e pouco elaborada. Os erros são notórios à distância, mas o bom do cinema, é que há muitos elementos que sobressaem mais do que uma equipa técnica trapalhona. Hoodwinked! é mesmo um achado magnífico, que cria um enredo misterioso acutilante e explora todas as facetas das suas personagens, que são realçadas por um elenco vocal talentoso. Tudo o que Hoodwinked! tem de amador é facilmente camuflado com momentos irrisórios e que proporcionam gargalhadas intensas; um estudo muito divertido de personagens, onde o Capuchinho Vermelho é cinturão de artes marciais, onde uma avozinha indefesa é adepta de desportos radicais, um lobo que é um jornalista atrevido e um lenhador que quer ser um ator famoso. Como podem ver, de facto, há bastantes twists divertidos só nesta parte. Mas não é apenas este “quarteto fantástico” que conquista em Hoodwinked!. Temos personagens secundárias também deliciosas como toda a equipa da polícia e o seu líder Nicky, para além de uma cabra que não consegue parar de cantar e o esquilo mais hiperativo do cinema!

A construção da narrativa é capitulada e está tão bem construída que se torna uma obra de culto inigualável. O argumento está construído com todos os elementos que são necessários para que Hoodwinked! seja aquele filme inesperado que tem tanta mas tanta qualidade e passa despercebido no panorama competitivo de agora. Não pertence à Disney, nem à DreamWorks; é duma equipa de realização que nunca se ouviu falar, e tem aquela animação rasca 3D que certamente não pôde ser melhor devido a quebras no orçamento. Mas tem uma alma própria e contagiante, uma dedicação fabulosa de uma equipa criativa que elaborou canções satíricas maravilhosas, personagens por demais interessantes e um enredo policial que encaixa perfeitamente no contexto requerido. Quando menos esperamos, é quando o cinema se revela uma caixinha de surpresas e, num cenário normal, Hoodwinked! provavelmente iria ser arrasado pela crítica.

Hoodwinked Critica de Cinema

Mas é impossível não nos rendermos a ele. Ainda estou a traulitar as canções, a rir-me que nem um perdido enquanto vos escrevo este texto e totalmente deliciado por rever uma daquelas obras que todos preferem ignorar e que se cravou na minha vida da forma mais extraordinária de sempre. Hoodwinked! pode ter um estilo de animação pobre, mas tem uma criatividade fora de série e que deve ser vista e revista por todos. Com plot twists abundantes e algumas das falas mais geniais do cinema, Hoodwinked! é um clássico instantâneo que infelizmente nunca irá ter a visibilidade que merece. Pelo menos fica aqui esta crítica para vos incentivar! Não se irão arrepender!

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Capuchinho Vermelho – A Verdadeira História

Título Original: Hoodwinked!

Realização: Cory Edwards, Todd Edwards & Tony Leech

Elenco: Anne Hathaway, Glenn Close, Jim Belushi, Patrick Warburton, Anthony Anderson, David Ogden Stiers, Xzibit, Chazz Palminteri, Andy Dick, Cory Edwards, Benjy Gaither.

Duração: 80 min.

Trailer | Hoodwinked!

Comments