Mini-Reviews TV TV

Earth at Night in Color – Season Finale – 1ª Temporada

Earth at Night in Color Midseason Finale

CONTÉM SPOILERS DE EARTH AT NIGHT IN COLOR!

Como qualquer apreciador de vida selvagem e que devora todo o tipo de produções sobre a mesma, Earth at Night in Color, da AppleTV+, não podia passar ao lado. Já não é um conceito propriamente novo, sendo esta abordagem relativamente nova em explorar aquilo que os animais fazem no auge da lua cheia iniciada pela Netflix com Night on Earth. Nesta curtinha apresentação, somos levados a alguns dos mais remotos lugares do planeta onde os animais lutam pela sobrevivência em imensos cenários distintos, desde lutar contra necrófagos salteadores, a adaptar-se ao meio para caçar, a encontrar um(a) parceiro(a) na escuridão da noite.

Earth at Night in Color Midseason Finale

O MELHOR:

A tecnologia utilizada é, sem dúvida, absolutamente maravilhosa, podendo ajudar em futuros registos, uma abordagem mais detalha do comportamento animal durante a noite.

Estas melhorias tecnológicas são tão boas que, em determinados momentos, esquecemo-nos que tudo o que estamos a ver a cores é um mundo embebido em trevas. As técnicas de filmagem podem sempre simplificar e a direção de fotografia dos episódios é absolutamente vertiginosa. Para além disto, a narração de Tom Hiddleston conquista, tendo o timbre perfeito para nos deixar relaxados e, ao mesmo tempo, surpreendidos. Mas há um problema com Earth at Night in Color… e eu sou um adepto de que todas as abordagens nunca são demais para trazer o mundo natural aos olhos de toda a comunidade humana para que se sensibilizem perante a destruição maciça dos habitats e da extinção em massa das espécies.

Mas Earth at Night in Color não tem uma missão totalmente clean de preservação, já que está feita para um público muito jovem e é mais informativo do que propriamente inovador. A tecnologia disfarça esta produção que não é mais do que “documentário natural para massas”, procurando tornar este género muito particular de televisão num “blockbuster” televisivo. Nada contra, mas há que conseguir um pouco mais. A verdade é que a AppleTV+ carece um pouco de criatividade e plagia constantemente as ideias provenientes da sua rival Netflix (ainda temos Tiny World para ver e avaliar…) e isso, no seu geral, compromete o nosso envolvimento.

Earth at Night in Color Midseason Finale

O PIOR:

Para além de alguns aspetos que já mencionei em cima, Earth at Night in Color acaba por ser muito superficial e tentar vangloriar-se de algo que não é tão novidade quanto pode parecer.

Durante a narração de Hiddleston, há imensos comentários de “for the first time caught on camera” ou “for the first time ever filmed” como se o que viesse no momento seguinte fosse algo extraordinariamente revolucionário. Não é… e por muito que hajam episódios mais interessante que outros, Earth at Night in Color quer vangloriar-se de algo que já é conhecido apenas porque foram inventados mecanismos da Apple que sobressaíram acima de outros concorrentes. É um jogo de marketing um pouco comprometedor, já que está a utilizar uma temática extremamente sensível para gabar-se de ter melhores câmaras que a Netflix e por aí fora. Para além disso, se não bastassem já os episódios serem extremamente curtos, ainda temos o making of dos episódios; algo que é totalmente copiado das produções da BBC. Isto podia ser incluído num episódio extra e contar as histórias destes intrépidos cineastas que se aventuram em circunstâncias difíceis e arriscam as próprias vidas para nos trazer estes minutos preciosos de conhecimento.

Earth at Night in Color Midseason Finale

É um trabalho árduo mas recompensador, pois estes são os porta-vozes da vida selvagem, para que pessoas como eu possamos estar no conforto do lar a apreciar o melhor do nosso planeta. Mas isto não é suficiente, cara Apple, plagiarmos conteúdo alheio para, ainda por cima, nos vangloriarmos de sermos os pioneiros numa arte que já cá anda há muito mais tempo do que a tua curta existência. Mesmo que Earth at Night in Color seja um bom meio para as crianças se envolverem indiretamente com o meio selvagem, é uma produção pobre em trazer novidade e, de alguma forma, tenta suavizar comportamentos naturais com medo de chocar o seu público-alvo algo que não é propriamente recomendável, já que o ser humano, por muito jovem que seja, sabe perfeitamente que os animais agem por instinto e caçam para sobreviver.

Ainda assim, Earth at Night in Color é um deslumbre visual e que merecia um tratamento mais profundo e mais trabalho de filmagem para trazer, de facto, algo que os nossos olhos nunca viram. Era a oportunidade certa para a AppleTV+ marcar pela diferença, mas o resultado é apenas banal. Earth at Night in Color irá regressar com novos episódios em 2021.

Earth at Night in Color Midseason Finale

Estado da Série: RENOVADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 50 100 1
50%
Average Rating

A AppleTV+ quer igualar-se à Netflix e à BBC, mas plágio não é propriamente a melhor forma, especialmente quando o conteúdo mais original que traz é ter tecnologia mais inovadora que quer esfregar na cara dos seus concorrentes, mais do que fornecer novas informações ou conhecimentos.

  • 50%

Comments