Cinema Críticas

Crítica: Sound of Metal (2019)

Sound of Metal Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE SOUND OF METAL!

Há certos filmes que se tornam encantadores e tocantes por não caírem nos clichés mais óbvios. Obras que tentam ilustrar que há mais originalidade do que simplesmente repetir aquilo que todos já fizeram. Sound of Metal é um destes casos, e conta uma história bonita e intensa, com toques dramáticos preciosos e raros nos tempos que correm. Ruben é um baterista de uma banda de heavy metal que perde parcialmente a audição e, naturalmente, a sua vida entra em colapso.

Sound of Metal Critica de Cinema

Sound of Metal é realizado e escrito por Darius Marder, um colaborador habitual de Derek Cianfrance, que nos trouxe The Place Beyond the Pines e Blue Valentine. É um filme que se foca num tema sem o romantizar ou tornar totalmente apetecível como tearjerker. A verdade é que, quaisquer lágrimas que vos possam cair entretanto, são fruto da naturalidade do filme; porque nunca há uma tentativa de ser melodramático em nenhum ponto da sua duração. Ainda que não seja totalmente perfeito, e muito disto se deve a um aspeto em particular da surdez que está inequivocamente ligada a quem a descobriu tarde ou numa época mais difícil na sua vida: o isolamento social. Sound of Metal roça de forma leve esta questão que é importantíssima nesta jornada de adaptação e reaprendizagem. Claro que o filme consegue contornar esta questão ao explorar outras, mas não devia, de facto, ser esquecida.

Ruben acaba por ceder ao conselho da sua namorada Lou e ingressa numa comunidade onde todos os habitantes não têm capacidade auditiva, tentando aprender a lidar com a sua nova condição. Ruben, por muito reticente que esteja inicialmente, acaba por se integrar e construir toda uma vivência pura e uma ligação forte com as pessoas que fazem parte desta comunidade. Mas isto é suficiente para alguém que foi sempre ligado à música? É aqui que Sound of Metal brilha, não descorando das origens e motivações iniciais que levaram à sua criação. A construção da personagem de Ruben não é saída de um conto de fadas e nem sempre toma as melhores decisões, mas o que é a vida senão um conjunto de escolhas? É impossível censurarmos o final do filme, e é isso que, no fundo, lhe confere toda a sua genialidade: não há finais felizes, apenas uma consciencialização dos factos.

Sound of Metal Critica de Cinema
SOUND OF METAL Courtesy of Amazon Studios

E Sound of Metal é tão rico que não trabalha apenas esta adaptação a uma vida sem som. É também uma fábula sobre recuperação de um vício, já que Ruben era outrora um consumidor de heroína. O que é a música para Ruben? Um vício ou uma vida? A mestria com que Marder trabalha estas questões é absolutamente magistral, num filme que é tão simples e tem tanto para nos ensinar. Esta mistura incrível de elementos dramáticos torna Sound of Metal num filme riquíssimo e uma obra a não perder de vista nas próximas cerimónias de prémios. Riz Ahmed tem aqui prestação da sua carreira, conseguindo articular todas as fases e picos de humor de alguém que está com medo de se readaptar a uma nova condição. Estes riscos e este “sair da zona de conforto” fazem com que Sound of Metal seja um must watch desta temporada.

Em termos técnicos, Sound of Metal é exímio em conseguir uma simbiose perfeita entre os momentos insonoros, som metálico (é mesmo tão criativa a dinâmica entre Ruben ser um baterista de heavy metal e, mais tarde, ouvir sons metalizados) e o esforço que as personagens secundárias fazem para se fazerem ouvir. Há também aqui um papel especial atribuído ao ator Paul Raci que é uma das grandes influências na vida do protagonista, sendo um mentor carismático e uma figura essencial para que Sound of Metal progrida na sua narrativa.

Portanto, Sound of Metal é um produto feito com carinho, sem cair em exageros, ainda que devesse explorar melhor a questão do isolamento social que só é refletido uns minutos antes do seu fim. É uma característica por demais importante para ser ignorada. No entanto, este é um filme que tem uma habilidade contagiante de conseguir camuflar esta questão utilizando outras vertentes de história que conquistam por si mesmas.

Sound of Metal Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: O Som do Metal

Título Original: Sound of Metal

Realização: Darius Marder

Elenco: Riz Ahmed, Olivia Cooke, Paul Raci, Mathieu Amalric, Lauren Ridloff.

Duração: 120 min.

Trailer | Sound of Metal

Comments