Mini-Reviews TV TV

The Walking Dead: World Beyond – Season Finale – 1ª Temporada

World Beyond Season Finale

CONTÉM SPOILERS DE THE WALKING DEAD: WORLD BEYOND!

O franchise de The Walking Dead continua a não mostrar sinais de abrandar e a sua última aposta é The Walking Dead: World Beyond, em que acompanhamos o dia-a-dia da primeira geração a crescer durante o apocalipse que já todos estamos exaustos de conhecer. Em muitos aspetos, World Beyond é apenas mais uma força da AMC continua a expandir um universo que não tem muito mais por onde fugir e, infelizmente, este é um produto que não traz absolutamente nada de novo para o mesmo.

World Beyond Season Finale

O MELHOR:

Apesar de tudo, algumas das personagens da série são cativantes.

The Walking Dead: World Beyond constrói a sua narrativa com base nas personagens principais e explora-as gradualmente e que, por si só, fornece algumas características interessantes às mesmas, não as mantendo (em geral) unidimensionais e afasta-se um pouco do conceito dos walkers que já é extremamente cansativo. Para além disso, Nico Tortorella revela-se um protagonista carismático, ainda que todos os restantes atores fiquem muito aquém do que necessário.

Se The Walking Dead: World Beyond fosse inserido num outro universo apocalíptico acabava por ser mais cativante do que aquilo que realmente é. Isto porque os produtores e argumentistas de The Walking Dead não estão propriamente preocupados com o cenário onde as suas histórias têm lugar… e este é um fator que podia muito fazer sentido se o público não estivesse tão frustrado por esta altura com aquilo que foi feito com a série-mãe e o seu spin-off mais recente Fear The Walking Dead.

World Beyond Season Finale

O PIOR:

É precisamente pelo mau acting e pela insistência em continuar a explorar um universo já sugado até às últimas que The Walking Dead: World Beyond se espalha redondamente.

As histórias individuais das personagens são interessantes, ou a maioria delas, mas todo o resto é altamente dispensável. Não temos muito por onde nos agarrar, já que a série cisma em explorar as características humanas durante um apocalipse que não tem nada, mas mesmo nada de novo, para oferecer à sua vasta legião de fãs. Se Tortorella se insurge como um bom protagonista, já as restantes personagens (por muito porreiro e interessante que seja o seu background) perdem interesse por prestações pouco talentosas devido à falta de experiência no ramo.

É uma série que se torna caricatural de si própria porque os atores não são convincentes em tornar as experiências das suas personagens mais intensas. É caso para dizer que, mesmo tendo alguns aspetos positivos, eles não são suficientes para serem motivos de recomendação de The Walking Dead: World Beyond para aqueles que estão céticos e reticentes em começar. Não é totalmente um desperdício de tempo e ao mesmo tempo é apenas mais um de muitos exercícios que ainda estão para vir deste mundo tão destruído pela cultura popular e por um canal que não sabe quando parar.

Mesmo que haja ainda um pouco de criatividade, não é justificativa de continuar com este universo. A série tem perdido fãs que estão frustrados com o rumo que os argumentistas lhe deram e expande algo que, honestamente, não é já do foco de interesse de ninguém.

World Beyond Season Finale

Estado da Série: RENOVADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 33 100 1
33%
Average Rating

The Walking Dead: World Beyond é um exercício que, embora tenha alguns aspetos interessantes das personagens, não é suficiente para o salvar de ser mais uma forma de arrancar uns trocos valentes para a AMC e que não conquista em nenhum prisma.

  • 33%

Comments