Cinema Críticas

Crítica: City of Lies (2018)

City of Lies Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE CITY OF LIES!

Já lá vão alguns anos desde as mortes dos rappers Notorious B.I.G. e Tupac Shakur. Dois crimes que ainda permanecem não resolvidos ao longo destes anos e que geraram uma atenção mundial gigantesca. City of Lies acompanha as vidas dos dois homens que lutaram até ao fim para saberem a verdade, e que se deparam com uma rede de corrupção policial enorme. Russell Poole e Jack Jackson, um polícia e um jornalista de investigação, fizeram os possíveis para solucionar estes crimes e o seu trabalho ficou gravado nas palavras de Randall Sullivan no seu livro LAbrynth.

City of Lies Critica de Cinema

City of Lies é um filme competente. Um policial que tira proveito de duas prestações extremamente boas de Johnny Depp e Forest Whitaker. Não é, de todo, um de referência, já que não consegue dar um toque de criatividade a uma história que o cinema e televisão já tentaram adaptar inúmeras vezes. No entanto, tem sempre alguns trunfos na sua manga e muito se deve à dinâmica entre os dois protagonistas. Mas City of Lies acaba por estudar muito pouco destas mesmas personagens, utilizando o mote policial como impulsionador da história e esquece-se de atribuir camadas mais significativas e humanas às mesmas. A verdade é que, mesmo entretendo, City of Lies ficou muito atrás do potencial que tinha.

A quantidade de personagens, ainda que todas bem interpretadas, acaba por cair num diz que disse um pouco massacrante, para além de uma falta tremenda de cuidado em preocupar-se verdadeiramente com as vítimas mais significativas deste caso. Nem tudo é possível, de facto, mas City of Lies é extremamente ambicioso em abordar um caso mediático e não lhe atribuir alguma informação nova significativa. E o problema é que o realizador Brad Furman e o argumentista Christian Contreras não conseguem tornar os seus protagonistas ainda mais carismáticos, criando muitas vezes uma discrepância muito grande de contributos e de interações. Ainda que Depp e Whitaker tenham química, sentimos uma falta de haver momentos mais pessoais entre os dois. E porquê? Porque passaram vários anos a lidarem com o mesmo caso e, por conseguinte, isso torna a possibilidade de uma cumplicidade maior e que tornaria o filme mais agradável ainda.

City of Lies Critica de Cinema

Mesmo que tenha imensos defeitos, City of Lies acaba por ser um exercício competente em termos técnicos e com atores que cumprem as suas funções com qualidade. É pena que não tenha conseguido ir um pouco mais além e se tenha ficado por continuar a simplificar uma temática que tem muito pano para manga. A insistência na corrupção policial é um bom ponto de partida, mas não devemos esquecer-nos das vítimas, que são todo o epicentro narrativo de City of Lies.

Leiam outras Críticas aqui.

Título: A Cidade das Mentiras

Título Original: City of Lies

Realização: Brad Furman

Elenco: Johnny Depp, Forest Whitaker, Toby Huss, Dayton Callie, Neil Brown Jr., Louis Herthum, Shea Whigham, Xander Berkeley, Shamier Anderson, Laurence Mason.

Duração: 112 min.

Trailer | City of Lies

Comments