Cinema Críticas

Crítica: The Mortuary Collection (2019)

The Mortuary Collection Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE THE MORTUARY COLLECTION!

Adoro quando surgem surpresas agradáveis numa altura em que muitos dos filmes são banais e repetitivos. The Mortuary Collection é, sem dúvida, um filme que merece a atenção de um público mais vasto e que tem a oportunidade de se tornar num franchise bem divertido nos próximos anos. Um mortuário recebe a visita de uma jovem e começa a narrar-lhe algumas histórias de terror bizarras de algumas das vítimas que lhe chegam para cremar. No entanto, a jovem não é bem aquilo que aparenta e decide contar-lhe a sua própria história.

The Mortuary Collection Critica de Cinema

The Mortuary Collection é uma antologia de horror que assenta bem no seu contexto e tem uma premissa fresca e interessante. Bebe de influências já conhecidas, como Goosebumps, cria um cenário próprio, articulando as histórias narradas com a sua linha principal. É uma junção que, se não for feita com alguma habilidade, pode causar danos significativos à obra no seu todo. Felizmente o realizador Ryan Spindell sabe bem aquilo que tem de fazer e, mesmo que The Mortuary Collection acabe por ser um bocadinho ambicioso demais, não deixa de cumprir com tudo aquilo que promete desde início.

Não só é o filme extremamente cativante em termos visuais, como também é nas prestações de Clancy Brown e de Caitlin Custer que começamos a sentir-nos verdadeiramente investidos. Toda a neblina misteriosa e o design de produção que se assemelha muito às obras de Tim Burton, The Mortuary Collection acaba por conquistar pela sua diversidade argumentativa, incluindo subcapítulos deliciosamente arrepiantes e desconfortáveis, que aguçam ainda mais a nossa curiosidade. Claro que existe um tom satírico óbvio nas imagens, e as metáforas utilizadas nos diálogos camuflam o maior ensinamento de todos… que chega precisamente no seu final. A verdade é que The Mortuary Collection está construído de uma forma que acaba por ser exatamente aquilo que precisa para deixar o espectador totalmente entretido ao longo de toda a sua duração.

The Mortuary Collection Critica de Cinema

E a realização de Spindell (é notório o carinho do realizador pelo filme que é todo da sua autoria) sobressai em todos os momentos. Toda uma equipa praticamente desconhecida e tão talentosa. As prestações, no geral, são bastante boas e acompanham o bom fluxo da narração cativante da personagem de Clancy Brown. O único defeito que The Mortuary Collection tem é ser demasiado ambicioso com o twist final e entrar numa tentativa de ser um pouco hollywoodesco quando não tinha necessidade de o ser. Não quer dizer que não surta o efeito pretendido, porque sem dúvida que sim, mas a sua construção acaba por ser um pouco rebuscada demais sem necessidade e faz com que não tenha assim tanto impacto quanto deveria ter.

Mas depois de quase duas horas de um entretenimento puro e duro, o meu perdão está dado a este realizador que, a partir de agora, irei manter debaixo de olho em futuros projetos. Recomendo vivamente para este fim-de-semana chuvoso este pequeno e engenhoso filme de terror e não há problema em o verem com a família, desde que não acompanhados por menores.

The Mortuary Collection Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: As Histórias do Mortuário

Título Original: The Mortuary Collection

Realização: Ryan Spindell

Elenco: Clancy Brown, Tristan Byon, Eden Campbell, Caitlin Custer, Christine Kilmer, Mike C. Nelson, Jacob Elordi, Ema Horvath.

Duração: 110 min.

Trailer | The Mortuary Collection

Comments