Cinema Críticas

Crítica: Life in a Year (2020)

Life in a Year Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE LIFE IN A YEAR!

2020 é definitivamente o ano dos tearjerkers… como se já não tivéssemos motivos suficientes para chorar com esta pandemia horrível… Depois dum precário Endless, dum mediano Words on Bathroom Walls, dum remake indiano competente Dil Bechara até a um revitalizante Clouds, agora é a vez de Life in a Year provar que este género está cada vez mais saturado. Ainda que escapem sempre algumas histórias que nos comovem, Life in a Year é precisamente aquilo que já estamos cansados de ver. O filme é uma versão de The Fault in Our Stars mas ainda mais moderno… sem nada de criativo ou original para entregar ao público em geral. Daryn é um jovem de 17 anos promissor que dedica um ano da sua vida a cuidar e a alegrar a sua namorada, vítima de um cancro terminal e que tem apenas um ano inteiro para viver.

Life in a Year Critica de Cinema

Life in a Year conta com Jaden Smith e Cara Delevingne nos principais papéis. Não são, de todo, maus a transmitir as suas emoções perante uma história que necessita de intensidade dramática constante. Mas também não são ideais… diga-se de passagem. Qualquer um conseguiria repetir as suas façanhas hoje em dia… mas Life in a Year é um drama que acaba por ser repetitivo e isso remove-lhe mística, perdendo a necessidade de ser tão longo e de ter tanta atividade secundária dispensável. As intenções acabam por ser sempre as mesmas e Life in a Year não tem absolutamente nada de original. É uma história feita para cativar massas mas que falha redondamente em marcar pela diferença.

Nem mesmo a banda-sonora e as personalidades divergentes dos protagonistas o conseguem salvar. Há toda uma necessidade constante de reciclar estas histórias e este género de cinema está a perder charme por estar constantemente a batalhar no mesmo. As personagens secundárias são muito pouco exploradas e o filme apenas se foca de forma egoísta no duo que lhe dá rosto. Esta manipulação sentimental acaba por tornar Life in a Year em algo previsível e sem grande carisma. Há também todo um mote ridiculamente melodramático em torno de Jaden e da ideia de que o seu pai é maníaco-compulsivo com o seu sucesso e essa tentativa de dramatizar ainda mais o que já não era necessário, ainda se torna mais maçador.

Life in a Year Critica de Cinema

O cinema quando nos toca e nos faz sentir na pele as suas emoções mais genuínas conquista-nos, mas a plastificação performativa e este cuspir de filmes com temáticas similares acaba por perder todo o fogo e, um após outro, vão perdendo cada vez mais charme. É quase como uma corrida para ver quem lança o primeiro filme do género durante o ano e o resultado, em geral, é pobre… demasiado pobre…

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Uma Vida Num Ano

Título Original: Life in a Year

Realização: Mitja Okorn

Elenco: Jaden Smith, Cara Delevingne, Nia Long, Cuba Gooding Jr., Chris D’Elia, RZA.

Duração: 107 min.

Trailer | Life in a Year

Comments