Cinema Críticas

Crítica: Girl (2020)

Girl Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE GIRL!

Uma jovem regressa à sua terra natal para assassinar o seu pai, do qual foi vítima de abusos, apenas para descobrir que o mesmo tinha sido assassinado no dia anterior. Nisto, ela descobre que há algo de estranho que ameaça a integridade do seu seio familiar. Girl é um thriller do estreante Chad Faust e mostra-se uma surpresa algo agradável inesperadamente. É protagonizado por Bella Thorne e resgata Mickey Rourke do seu típico registo de ação.

Girl Critica de Cinema

Girl não é propriamente um filme muito original nem tem nas sua génese ser algo de extraordinário. Conhece precisamente as suas fragilidades, mas ganha alguma forma pelas performances credíveis e por um twist interessante quando atinge o seu auge. Apesar de todos os elementos de slasher surgirem em tom amador, Faust sabe criar o clima de tensão essencial para nos sentir envolvidos. Um dos maiores problemas do filme é manter-nos um pouco às escuras na construção das suas personagens inteiramente para alimentar o twist final. Isto é, estamos a ver algo que, por muito fácil de adivinhar que seja, prefere manter-se em mistério quando, na verdade, não devia. As personagens acabam por ser unidimensionais e não há muito que se possa reter das mesmas ao longo do filme.

A sorte é que Girl é curtinho e cria um clima porreiro para nos deixar a matutar no que se está a passar. Como referi em cima, é pelas prestações competentes do elenco que Girl acaba por ter um bocadinho mais de charme do que, na verdade, consegue ter no seu todo. O twist assenta bem, especialmente porque torna a narrativa diferente do habitual e acaba por compensar o filme nas suas maiores falhas. O toque amador e a fraca exploração das personagens torna Girl um produto que não consegue ascender a algo de diferente no género em que se insere.

 

Não quer dizer que não se tire algum proveito entretanto pelos motivos mencionados acima. E é sempre bom rever Mickey Rourke sem ser naqueles filmes de ação saloios e ver que Bella Thorne consegue também ter algum jeito para a componente dramática… algo que até agora era desconhecido. Portanto, Girl surpreende pela positiva mas não é um filme memorável nem perto disso e, por muito que lhe tenhamos algum apreço, não é suficiente para o tornar mais apetecível.

Girl Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: A Rapariga

Título Original: Girl

Realização: Chad Faust

Elenco: Bella Thorne, Mickey Rourke, Chad Faust, Lanette Ware, Glen Gould, Elizabeth Saunders.

Trailer | Girl

Comments