Cinema Críticas

Crítica: Let Him Go (2020)

Let Him Go Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE LET HIM GO!

Há certas surpresas que nos fazem sentir que o dia acaba por ser um pouco mais bem recompensado. É o caso de Let Him Go, baseado no livro de Larry Watson, que acompanha George e Margaret Blackledge que, após a morte do seu filho, e do segundo casamento da sua nora, veem-se forçados a ter de resgatá-la juntamente com o seu neto da opressiva família do seu novo esposo. É um thriller que combina os talentoso inigualáveis de Kevin Costner e Diane Lane e revela-se um estudo de personagens extremamente interessante.

Let Him Go Critica de Cinema

Embora não seja perfeito, Let Him Go é um registo dramático bastante profundo, já que explora as características por inteiro dos seus protagonistas. É também um thriller com momentos intensos e capaz de nos fazer roer as unhas todas das mãos e dos pés. Muito disto deve-se à química entre Costner e Lane, e à presença colossal de Lesley Manville como a vilã, matriarca dos Weboys. Apesar de ter um final algo apressado e não se manter totalmente no mesmo registo, Let Him Go tem uma construção simples e que acaba por se tornar envolvente.

É um trabalho que combina uma direção de fotografia acutilante e que tira proveito dos cenários campestres de um Montana rural, e acima de tudo, aposta com dedicação no fator emocional que rege as personagens. Há toda uma empatia que se cria instantaneamente com George e Margaret e há também toda uma sensação de desconforto quando o filme começa a entrar por “território desconhecido”. Mesmo que a personagem de Manville não tenha tido momentos com maior frequência e, verdade seja dita, ela é uma das melhores características de Let Him Go, a intensidade desses escassos momentos congela-nos e nos faz temer por tudo aquilo que poderá ainda acontecer. É também pena que o final se tenha deixado levar um pouco pelos clichés habituais, mas não sacrifica o filme na sua totalidade. A personagem de Booboo Stewart também entra um pouco sem explicação na narrativa e é explorada de forma muito leve para a importância que terá mais tarde no desenrolar do filme.

Let Him Go Critica de Cinema

Thomas Bezucha acaba por compensar com esta aposta nos protagonistas e na evolução da sua dor e na determinação em salvar o seu neto de um destino terrível. E esta atenção e atribuição de camadas às personagens acaba por elevar Let Him Go de ser um thriller banal como muitos outros.

Portanto, Let Him Go pode não ser perfeito, mas é um drama acutilante e tem as doses de suspense e de tensão necessárias para nos deixar rendidos durante toda a sua duração.

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Let Him Go

Título Original: Let Him Go

Realização: Thomas Bezucha

Elenco: Diane Lane, Kevin Costner, Lesley Manville, Kayli Carter, Booboo Stewart, Jeffrey Donovan.

Duração: 113 min.

Trailer | Let Him Go

Comments