Mini-Reviews TV TV

Supernatural – Series Finale – 15ª Temporada

Supernatural Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE SUPERNATURAL!

15 anos. 15 anos se passaram… de aventuras, caças a monstros, mortes constantes, idas e vindas ao Céu e ao Inferno sem pagar portagens, famílias despedaçadas, amigos perdidos… Supernatural chegou ao seu fim. Uma jornada incrível e que irá ficar marcada na História da Televisão. Os irmãos Winchester precisam de encontrar uma solução rápida para destruir os planos de Chuck (Deus) e salvarem o mundo pela última vez.

Supernatural Series Finale

Eu sei que estas críticas costumam sair a horinhas durante a semana… mas precisei de tempo para digerir este series finale tão horrível e tão deplorável de uma das mais históricas séries de televisão e da minha própria vida. Crescer com Supernatural e ver os seus altos e baixos foi sempre uma constante… mas havia sempre uma criatividade única e surpreendente à medida que as temporadas avançavam. Parece que havia sempre algo de fresco e novo nos episódios mesmo que a sua história não fosse nada de transcendente. Havia amor naquilo que se fazia e uma dedicação magistral de todos os envolvidos… Esta mini-review não vai seguir os padrões normais, precisamente por se focar numa série tão marcante como Supernatural.

Estes episódios finais trouxeram aquilo que eu temia… medo de terminar. A equipa não estava claramente preparada para se despedir destas personagens tão acarinhadas por todo o mundo. Ainda para mais, esta pandemia não veio ajudar em nada honestamente. O avanço narrativo começou a dar asas a atitudes impulsivas e de “vamos lá despachar isto” e perdeu-se o respeito pelas personagens que compõem a história de Supernatural. E o episódio final? Uma vergonha autêntica. Um exercício puramente melodramático em que não há um pingo de emoção sentida dos próprios atores… uma história tão corriqueira e tão pouco dada a tudo aquilo por que os Winchesters passaram ao longo das suas vidas. Toda uma filmagem pouco emotiva só pode provocar um adeus pouco sentido. E é aqui que me sinto particularmente revoltado. Jensen Ackles e Jared Padalecki mereciam mais. Mais? Muito mais! Estes dois icónicos caçadores de monstros, anjos, demónios e todos aqueles seres sobrenaturais que compõem os nossos pesadelos, são já uma família para mim. E, acreditem, são talvez das personagens de sempre de quem vou sentir mais falta. Eram uma dupla que me fazia sorrir, semana após semana, e faziam-me esquecer todos os problemas. A sua química inesgotável e a capacidade de criarem humor dentro dum cenário pouco cómico, era aquele final de dia que todos nós precisávamos. São um pouco como dois irmãos para mim, que acabam por tornar o meu dia mais bonito no meio de tanta tristeza.

Supernatural Series Finale
Supernatural — “Galaxy Brain” — Image Number: SN1512a_0023b.jpg — Pictured (L-R): Jared Padalecki as Sam and Jensen Ackles as Dean — Photo: Katie Yu/The CW — © 2020 The CW Network, LLC. All Rights Reserved.

O que este final de Supernatural representa para eles e para os fãs é um atentado à arte. O ritmo é demasiado apressado, a condição da morte de Dean é ridícula para quem já morreu de todas as formas e feitios… o avançar da vida de Sam é tão plástico e desprovido de emoção que não nos sentimos realizados por o ver a seguir com a mesma. E aquela recriação técnica? Péssima… tão péssima que isto se torna revoltante. Carry On é um episódio que tinha obrigação de nos deixar completamente satisfeitos… e a série, por todo o seu mérito de longevidade e de qualidade que foi mantendo ano após ano, merecia um final de duas ou mais horas até. E este foi o maior erro da The CW… não entender que o seu objeto de culto é importante para todos os que a acompanharam, seja desde início, ou numa fase mais tardia.

Nem mesmo ouvir o clássico tema que, devido à série, ficou imortal, salva Carry On. O episódio não faz justiça a estes dois colossos da televisão. Nem mesmo os melhores episódios deste regresso nos conseguem preparar para tamanha desilusão. Mesmo que a temporada, no seu geral, não esteja totalmente precária, é impossível manter a sanidade e a noção de respeito, por algo tão terrível como este episódios final… e, mesmo que não lhes tenha feito justiça, uma coisa é certa: Sam e Dean Winchester vão ter sempre um lugar muito especial no meu coração e aqui lhes deixo um agradecimento profundo por tudo aquilo que me proporcionaram durante todos estes anos.

Thank you, my Wayward Brothers!

Supernatural Series Finale

Leiam a nossa Mini-Review anterior de Supernatural aqui.

0 32 100 1
32%
Average Rating

Supernatural chega ao fim com um episódio final insultuoso e que compromete tudo aquilo que a equipa fez durante todos estes anos. Ainda que a dor de me despedir de Jensen Ackles e Jared Padalecki pelas suas mais icónicas personagens seja ainda mais doloroso desta forma. Os episódios anteriores ao final ainda têm qualidade, daí não ser ainda mais drástico na avaliação.

  • 32%

Comments