Cinema Críticas

Crítica: Fatima (2020)

Fatima Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE FATIMA!

Vamos falar de uma temática importante para o nosso país. Um filme que poderá ficar na sua História como um dos mais prolíferos e difusivos que Portugal produziu até hoje. Fatima é uma recriação ficcional do evento histórico das aparições da Virgem Maria a três pequenos pastores em 1917 e que, contra ceticismo da família e opressão governamental, continua a ser um marco crucial na fé católica. O filme é realizado pelo italiano Marco Pontecorvo e conta com um vasto elenco nacional, para além de incluir ainda os atores Goran Visnjic, Sônia Braga e Harvey Keitel.

Fatima Critica de Cinema

Fatima tem aspeto muito positivos, para um filme que não consegue sobressair no seu próprio contexto. Tem uma produção estética incrível e planos de câmara belos que captam a essência de um Portugal ainda em desespero no rescaldo da 1ª Guerra Mundial. O elenco também faz o que pode, ainda que haja um elemento fulcral que compromete, não só o seu trabalho performativo, como também a cultura em que está inserida a temática de Fatima. Quer se seja crente ou não, Fatima retrata um feito especial na religião do nosso país. E, mais importante que tudo, retrata algo que está intrínseco à nossa cultura e vultos que ganharam um respeito gigantesco por todo o mundo. E, agora pergunto, onde está a apropriação cultural de Fatima?

Isto é, porque é que temos atores portugueses, num filme que retrata um marco histórico português, e é falado… em inglês? Porque é que o cineasta e co-argumentista que assume as rédeas desta produção não é também português? Porque é que temos atores de outras nacionalidades a interpretar vultos e cidadãos portugueses? Porque é que estamos a ser retratados por estrangeiros quando temos nós aqui talento para trazer esta história tão marcante para todo o mundo? Fatima é um produto que, embora mereça o seu devido respeito, não deixa por si só de desrespeitar a cultura dum país. E tudo se deve à americanização de um evento que, de americano, nada tem. É algo insultuoso que os criadores de Fatima não tenham tido uma sensibilidade maior para apropriarem culturalmente o seu filme. Não absolutamente necessidade nenhuma de Fatima não ser falado em bom português de Portugal, muito menos de incluir atores que não sejam da nacionalidade em que se foca a película.

Fatima Critica de Cinema

Se o whitewashing é condenável, então o cultural washing também terá de o ser. As nossas crenças podem variar consoante as nossas experiências e no meio em que fomos educados, seja ele com fortes ligações à religião ou não. Nada da temática de Fatima pode ser propriamente descartável nem menosprezado com base naquilo em que acreditamos. É um filme a que irei dar uma classificação aceitável pelo esforço e dedicação de quem esteve envolvido e por ser um filme que não deixa de abrir portas para o talento nacional ser reconhecido por todo o planeta. Mas chateia-me, honestamente, que Fatima seja mais uma tentativa do nosso país de se reger pela comercialização americana e de não ter envolvidos que torcessem pela inclusão de uma língua que é tão importante quanto a história que se conta. E é aqui que a maioria dos atores revela as suas fragilidades… porque o seu esforço interpretativo baixa de qualidade pela falta de à vontade com a língua inglesa.

A direção de fotografia, os cenários, o guarda-roupa são todos eles maravilhosos e trazem verdadeiramente Portugal para uma altura de pobreza, de miséria, mas ao mesmo tempo de fé e esperança. Talvez seja mesmo esta recriação temporal que ajuda a que Fatima se torne uma obra acima da média em muitos aspetos. No entanto, há toda esta falta de apropriação cultural que remove toda a graça patriota que, de facto, Fatima tinha a obrigação de ser. Mesmo que o elenco seja português de sangue, não estão a ser portugueses de língua. Mesmo que a equipa italiana por trás das câmaras seja profissional, há falta de um amor especial por este conto tão profundo da História de Portugal. E Fatima não consegue de forma alguma ser canonizado enquanto pedaço de arte.

Fica aqui uma reflexão sobre o quanto é essencial que os valores culturais históricos sejam preservados e que devem ser transpostos para o mundo na sua própria linguagem e no seu próprio sentimento. Acho que não me sentiria bem se fosse para Itália e realizasse um biográfico do Papa Francisco… porque por muito que o conheça da televisão, ou daquilo que posso ter pesquisado porque até me interesso pela vida do mesmo, não é culturalmente correto. E há quem tenha esta mesma curiosidade e uma visão que, na sua própria língua, a consiga mostrar para toda a população mundial.

Fatima Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Fátima

Título Original: Fatima

Realização: Marco Pontecorvo

Elenco: Joaquim de Almeida, Goran Visnjic, Stephanie Gil, Alejandra Howard, Jorge Lamelas, Lúcia Moniz, Marco D’Almeida, Joana Ribeiro, Carla Chambel, Elmano Sancho, João D’Ávila, Iris Cayatte, João Arrais, Simão Cayatte, Sônia Braga, Harvey Keitel, Alba Baptista.

Duração: 113 min.

Trailer | Fatima

Comments