Cinema Críticas

Crítica: From Russia with Love (1963)

From Russia with Love Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE FROM RUSSIA WITH LOVE!

O agente secreto mais famoso do mundo está de volta, numa missão que o vai por a teste. From Russia with Love é a segunda longa-metragem de Sean Connery como James Bond e, embora tenha aspetos muito acima do esperado, a sua história embrulha-se um pouco demais. Portanto, James Bond tem a missão de encontrar um dispositivo soviético que foi roubado pela organização criminosa SPECTRE e, no seu encalço, tem os russos atrás de si. Bond precisa de seduzir uma jovem para conseguir o dispositivo, algo que os seus inimigos calcularam facilmente.

From Russia with Love Critica de Cinema

From Russia with Love continua a trazer o charme de Bond através duma prestação carismática de Connery e as sequências de ação melhoraram imenso e tornaram-se mais abundantes. Isto leva a que o espectador se sinta cada vez mais cativado e mais incentivado pelas aventuras do intrépido agente. No entanto, há algo de estranho na história e, por um lado, ela torna-se algo confusa e massacrante à medida que vai chegando ao seu desenlace, perdendo aquele carisma de efeitos práticos e técnicas rudimentares para desvendar os seus muitos mistérios. Claro que todos os elementos estão lá, mas por vezes fica a sensação que o filme perde o seu foco.

Se é um dos melhores filmes de James Bond? Duvido. Há melhorias tremendas em determinados fatores relativamente ao primeiro filme, mas nota-se que a ambição levou a melhor dos seus produtores. Ainda assim, não deixa de ser uma aventura fantástica e uma que utiliza a fraqueza de Bond pelo sexo oposto para criar um enredo de espionagem interessante. E a fraqueza de Bond é um pouco evidente de mais, como já sabemos… Talvez um dos seus aspetos mundanos mais corriqueiros e desnecessários. Não deixa de ser uma das suas marcas intemporais, mas é um aspeto que não é tão amusing quanto isso.

From Russia with Love Critica de Cinema

Seja como for, opiniões pessoais à parte da forma como ornamentam a personagem, From Russia with Love é um filme que mantém a mesma fórmula, ainda que tropece um pouco nas suas ambições. No entanto, tem tudo aquilo que tanto gostamos das aventuras de 007 e tem personagens novas que elucidam para aquele que é o maior vilão da sua vasta e extensa história. Com um upgrade notório nas sequências de ação e diálogos que se mantêm acutilantes ainda assim, From Russia with Love não é o melhor filme de Bond mas é um que mantém toda a sua essência.

Leiam outras Críticas aqui.

Título: 007 – Ordem para Matar

Título Original: From Russia with Love

Realização: Terence Young

Elenco: Sean Connery, Daniela Bianchi, Pedro Armendáriz, Lotte Lenya, Robert Shaw, Bernard Lee.

Duração: 115 min.

Trailer | From Russia with Love

Comments