Cinema Críticas

Crítica: Jungleland (2019)

Jungleland Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE JUNGLELAND!

Dois irmãos que vivem na pobreza dedicaram as suas vidas ao treino intensivo de boxe. Assim que uma oportunidade chega, Stanley e Lion decidem fazer uma viagem pelos EUA para entrarem na competição Jungleland, mas terão obrigatoriamente que levar consigo uma jovem, de nome Sky, que acaba por os desencaminhar do rumo inicial. Charlie Hunnam e Jack O’Connell arrancam prestações bastante boas, mas o filme é extremamente banal e sem grande força.

Jungleland Critica de Cinema
Charlie Hunnam and Jack O’Connell in “Jungleland”

Jungleland é uma versão mais recente de Warrior, Rocky e muitos outros sobre a competição desportiva do boxe. Não é um filme propriamente muito inovador, mas consegue transpor a química incontestável entre ambos os seus atores principais. Apesar de toda a narrativa ser algo bizarra na sua composição, Jungleland continua a provar que este género de cinema é aquele que, por vezes, parece mais genuíno em trazer histórias de irmandade com algum carisma e charme. No entanto, todos os restantes elementos de Jungleland falham praticamente… O filme carece de uma história linear, procurando incutir a veia criminal de forma demasiado rápida e sem grande fundamento. Para além disso, perde demasiado tempo em investir na componente de novela melodramática que o faz perder muito do seu objetivo principal.

A personagem de Jessica Barden (a menina irreverente de The End of the F***ing World) altera todo o potencial do filme, assim que é utilizada como um interesse amoroso e divide os dois irmãos, cuja ligação pensar-se-ia ser mais poderosa do que o que é representado. Outro aspeto menos bom é que Jungleland desperdiça muito do seu tempo em focar-se nestes aspetos de novela, e esquece-se de seguir em frente e de explorar melhor aquilo que o trouxe à vida. O boxe e a ligação entre irmãos que é tão visível em Warrior, por exemplo.

Jungleland Critica de Cinema

Mesmo não sendo uma atrocidade e, de facto, há que elogiar Charlie Hunnam pelo seu retrato bastante diferente do seu habitual, Jungleland é um filme que acaba por nos deixar frustrados assim que o terminamos. Sentimos que ele se desviou do seu foco principal e isso removeu todo o envolvimento emocional que nutrimos pelas personagens desde o seu início. Jack O’Connell também não fica atrás, mas como referido anteriormente, o filme não sabe gesticular nem aproveitar a dinâmica entre as personagens, optando pelo show-off hollywoodesco de gangster movie. Isto torna a experiência de Jungleland numa desilusão e todo o impacto e intensidade desvanecem-se rapidamente à medida que vamos avançando com o filme.

Portanto, revejam Warrior ou Rocky que são produtos que respeitam muito mais este tipo de história do que propriamente este vazio e pobre Jungleland.

Jungleland Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Jungleland

Título Original: Jungleland

Realização: Max Winkler

Elenco: Charlie Hunnam, Jack O’Connell, Jessica Barden, Jonathan Majors, Fran Kranz, John Cullum.

Duração: 89 min.

Trailer | Jungleland

Comments