Cinema Críticas

Crítica: The Informer (2019)

The Informer Crítica de Cinema

PODE CONTER SPOILERS DE THE INFORMER!!!

O género de ação tem-nos proporcionado alguns filmes que têm vindo a demonstrar a vontade de evolução e apresentar algo verdadeiramente único. No entanto, esses costumam ser enfuscados por filmes que desperdiçam o nosso tempo (na melhor das hipóteses). E infelizmente, é essa mesma descrição que podemos aplicar a este The Informer.

No filme, Pete Koslow trabalha como traficante de droga para um cartel polaco nas ruas de Nova Iorque, ao mesmo tempo que trabalha com o FBI para os colocar na prisão. Quando uma operação corre mal, Pete é instigado a voltar para a prisão para derrubar esse mesmo cartel.

The Informer marca o regresso de Andrea Di Stefano à cadeira de realizador depois de Escobar: Paradise Lost (o seu filme de estreia). No entanto, e apesar do potencial, este acaba por ser um filme que roça perigosamente no banal e previsível.

Toda a direção do filme não deixa espaço para surpresas, já para não falar de desperdiçar por completo a componente mais psicológica que o filme poderia demonstrar com um maior nível de atenção possível. Em vez disso, não passa de um filme de ação genérico, com elementos tão desgastados.

Outro grande problema do filme reside na sua própria escrita. O que poderia ser uma ideia simples acaba por se desenrolar num puzzle sem pés nem cabeça, onde cada nova ideia introduzida apenas traz consigo drama mais do que familiar e sequências de ação sem tensão ou impacto.

Mas o mais impressionante (num ponto negativo, claro) reside no simples facto de conseguir desperdiçar um elenco com provas já dadas no género de ação (ou outros). The Informer volta a proporcionar um papel genérico a Joel Kinnaman no grande ecrã, ainda que seja suficientemente competente para aguentar o filme. É uma pena, então, que atores como Rosamund Pike, Clive Owen, Common ou Ana de Armas sejam completamente desperdiçados em papéis secundários sem um pingo da carisma.

A melhor coisa que se pode dizer do filme é que é ideal para passar o tempo (especialmente durante fins-de-semana cinzentos), porque fora isso, não esperem nada de extraordinário.

Podem ler outras Críticas aqui.

Título: The Informer

Realização: Andrea Di Stefano

Elenco: Joel Kinnaman, Rosamund Pike, Clive Owen, Common, Ana de Armas

Duração: 113 minutos

Trailer | The Informer

Comments