Cinema Críticas

Crítica: La Trinchera Infinita (2019)

La Trinchera Infinita Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE LA TRINCHERA INFINITA!

Agora que a altura de envio de candidatos ao Óscar chegou, o primeiro filme que vamos analisar é proveniente de nuestros hermanos e é um filme extraordinário. La Trinchera Infinita acompanha a história de Higinio, que foi injustamente acusado de crimes de guerra, e teve de se esconder na sua própria casa, num buraco e posteriormente numa trincheira, para escapar da perseguição feita durante a Guerra Civil Espanhola. Durante 30 anos, Higinio esteve protegido pela sua esposa Rosa que, contra todas as odes, permaneceu fiel à causa e ao amor que sente pelo mesmo.

La Trinchera Infinita Critica de Cinema

La Trinchera Infinita é um daqueles filmes que nos provoca todo o tipo de emoções. É uma obra quase perfeita em contar uma narrativa recheada de história, suspense e intensidade dramática. As prestações de Antonio de la Torre e Belén Cuesta são infalíveis e o trabalho de produção é absolutamente extraordinário. A simbiose criada pelos três realizadores (isto, em si, também ajudou o filme) faz com que La Trinchera Infinita seja inquestionavelmente um dos melhores filmes do ano. Todo o filme é suportado por ambos os atores e pelas emoções que transmitem à flor da pele.

Contar histórias de esperança foi sempre algo que particularmente me tocou. A capacidade do cinema de nos remeter para um ponto da História (seja ela de qualquer país) e nos transportar com intensidade para aquilo que era vivido (mesmo que com elementos ficcionais) é algo mágico e que absorve toda a essência das artes visuais. La Trinchera Infinita é exatamente isto. Tanto que a certa altura, não só estamos preocupados com Rosa que vai aguentando toda a pressão de fora, como sentimo-nos claustrofóbicos na pele de Higinio. E a duração do filme prolonga ainda mais esta sensação de algo inescapável.

La Trinchera Infinita Critica de Cinema

No entanto, La Trinchera Infinita é um filme que poderia ampliar o conceito das personagens secundárias a certo ponto para que o espectador conseguisse respirar um pouco de tanto drama. Mas isso não é prejudicial em tudo, já que o filme é tão denso e tão recheado de momentos icónicos, que facilmente nos esquecemos disso. Portanto, como submissão espanhola para os Óscares, La Trinchera Infinita inicia um ciclo de cinema promissor e que nos dá um pouco de esperança para os tempos que se avizinham. Podem passar 30 anos, mas, no fundo, a esperança é sempre a última a morrer.

Leiam outras Críticas aqui.

Título: A Trincheira Infinita

Título Original: La Trinchera Infinita

Realização: Aitor Arregi, Jon Garaño & Jose Mari Goenaga

Elenco: Antonio de la Torre, Belén Cuesta, Vicente Vergara, José Manuel Poga, Emilio Palacios.

Duração: 147 min.

Trailer | La Trinchera Infinita

Comments