Mini-Reviews TV TV

Carmel: ¿Quién mató a María Marta? – Series Finale – 1ª Temporada

Carmel Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE CARMEL: ¿QUIÉN MATÓ A MARÍA MARTA?!

Os documentários de crime são sempre difíceis de digerir, especialmente quando os casos aparentam ser mais complexos do que são à primeira vista. Carmel: ¿Quién mató a María Marta? é o mais recente da Netflix que se divide em 4 episódios longos. María Marta foi encontrada sem vida na banheira de sua casa, minutos após ter saído de casa de familiares. O que seria aparentemente um acidente toma proporções gigantescas assim que são descobertas seis balas alojadas no seu crânio. A pergunta mais importante é a do título: quem matou María Marta?

Carmel: ¿Quién mató a María Marta?

O MELHOR:

Carmel: ¿Quién mató a María Marta? é um documentário que tem um impressionante trabalho de pesquisa e colagem de imagens.

Tal como muitos outros registos, esta minissérie segue o padrão normal, utilizando entrevistas de intervenientes, jornalistas, procuradores, testemunhas, entre outros, para fazer uma avaliação mais detalhada do caso em si. O arquivo de vídeo que sustenta os alicerces da estrutura do documentário em si também tornam os eventos mais empolgantes ainda que, Carmel: ¿Quién mató a María Marta?, seja um autêntico fiasco.

Carmel Series Finale

O PIOR:

Praticamente tudo… desde a falta de um resultado prático até à gigantesca duração desnecessária dos episódios.

Carmel: ¿Quién mató a María Marta? assentaria bem se fosse encaixado numa série antológica como Trial by Media (e este em particular faria muito sentido) ou de Unsolved Mysteries, já que não se chegou a nenhuma conclusão do mesmo. O que pretendo dizer aqui é que Carmel: ¿Quién mató a María Marta? não tem material suficiente para levar a alguma conclusão, daí que pudesse ser reduzido a um mero episódio informativo.

Apesar das fortes críticas à imprensa e ao diz-que-disse recorrente do caso, esta minissérie peca por chegar numa fase tardia onde casos mais icónicos como o The Disappearance of Madeleine McCann ou Amanda Knox chegaram para entregar provas de injustiças por parte do sistema judicial, ou de como a imprensa influencia o caso ao difamar os potenciais suspeitos, quer estes tenham alibis ou não. Todo este circo já é repetitivo, seja ele em Portugal, Itália e agora Argentina. A questão mais preocupante é que a realização de Alejandro Hartmann estica demasiado aquilo que podia ser mais direto e sucinto e poupar-nos à tortura de não-sei-quantos-testemunhos pouco credíveis e substanciais.

Mesmo que o caso careça de um veredicto que explique o que realmente aconteceu a María Marta, a verdade é que empanturrar os episódios com suposições, testemunhos falsos ou calúnias por parte dos entusiasmados pelo caso e pelo seu mediatismo, não o torna mais relevante. Pelo contrário, há um desrespeito constante pela vítima em continuar a alimentar estas falácias. Portanto, é com pena que Carmel: ¿Quién mató a María Marta? se reduza a um registo documental demasiado longo, desnecessário, vulgar e pouco substancial.

Carmel Series Finale

Estado da Série: TERMINADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 41 100 1

41%
Average Rating

Carmel: ¿Quién mató a María Marta? é uma minissérie documental que pode ter bastante trabalho de pesquisa, mas que é inconclusivo e perde demasiado tempo com superficialidades do caso sem ir direto ao assunto.

  • 41%

Comments