Cinema Críticas

Crítica: The Witches (2020)

The Witches Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE THE WITCHES!

Como (relativamente) jovem dos anos 90, The Witches foi sempre um clássico que me atormentou. A realização na altura, a cargo de Nicolas Roeg, trouxe uma Anjelica Huston absolutamente avassaladora e, num conto sobre companheirismo, inocência e aventura, logo se tornou num pesadelo. A história, deste remake recente a cargo de Robert Zemeckis, acompanha um jovem que se vê envolvido num encontro de bruxas (daquelas reais!) e que precisa de escapar das suas garras mesmo quando é transformado em rato.

The Witches Critica de Cinema

Apesar desta nova versão ter um toque moderno na sua aproximação, é um conto banal e sem alma. Anne Hathaway é competente, sem dúvida, como a figura principal de representação destas bruxas tão assustadoras e tão detestáveis. No entanto, a sua prestação é triplamente mais exagerada do que a de Huston no clássico de 90. O fascínio por The Witches não é fácil de colocar em palavras, já que há um ensinamento bonito nas suas entrelinhas, mas que é necessária uma certa sensibilidade para (re)transpor para o ecrã. A película de Zemeckis não consegue trazer a nostalgia nem igualar o significado que o original The Witches tem para as pessoas da geração.

É totalmente plastificado com efeitos recentes e carece de um desconforto que era tão enraizado na obra de Roeg. É precisamente quando o filme inicia o seu segundo ato que The Witches começa a enfraquecer. O trabalho das personagens é suavizado em tom, trazendo o que era outrora uma história assustadora para um patamar de cinema de aventura e realização pessoal. The Witches é pobre em vários aspetos, ainda que consiga entreter a todos os momentos. O acréscimo da personagem de Octavia Spencer acaba por ser o melhor que o filme traz, ainda que todo o resto seja infelizmente já cliché e repetitivo.

The Witches Critica de Cinema

A inclusão de efeitos especiais de “alto calibre” também não ajuda, reduzindo a quantidade de elementos que eram recriados com uma maquilhagem abismal, e tornando a aventura mais plastificada. Zemeckis é um cineasta que tem vindo a metamorfosear o seu estilo e os resultados não têm sido assim tão positivos quanto isso. Entende-se a ideia de querer ser um narrador de fábulas para os mais novos, mas esquece-se que é o tradicionalismo das mesmas que as tornam tão icónicas, como é o caso de Beowulf ou de A Christmas Carol.

Mesmo não sendo totalmente “de deixar na borda do prato”, The Witches consegue divertir o espectador com o seu novo toque moderno, mas esquece-se de transmitir com segurança os ensinamentos mais básicos do material que lhe deu origem e, por isso, não consegue ser um remake que marque pela diferença, mesmo que Hathaway se esforce. Os próprios protagonistas mais jovens não conquistam e a insistência nas aventuras em CGI remove o carisma que deu ao clássico de onde foi adaptado o seu carisma.

The Witches Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: As Bruxas

Título Original: The Witches

Realização: Robert Zemeckis

Elenco: Jahzir Bruno, Chris Rock, Octavia Spencer, Stanley Tucci, Anne Hathaway, Kristin Chenoweth.

Duração: 104 min.

Trailer | The Witches

Comments