Mini-Reviews TV TV

Ratched – Season Finale – 1ª Temporada

Ratched Season Finale

CONTÉM SPOILERS DE RATCHED!

Uma das enfermeiras mais famosas do cinema, interpretada por Louise Fletcher no clássico de 1975 One Flew Over the Cuckoo’s Nest, ganha agora o seu spin-off televisivo pela mente criativa de Ryan Murphy. Ratched acompanha os anos iniciais da enfermeira que dá título à série, quando esta tenta libertar o seu irmão adotivo do hospital psiquiátrico em que este encontra após ter assassinado quatro padres a sangre frio. O resultado é um misto de surpresa com desilusão, numa aposta arrojada que, tanto faz sentido, como não.

Ratched Season Finale

O MELHOR:

Ratched é interpretada pela magnífica Sarah Paulson e, só por isto, já é um must watch.

A atriz é tão incrível no papel que nos agarra instantaneamente à série, do início ao fim. Os papéis secundários também não ficam atrás, já que ao lado de Paulson temos Sharon Stone, Cynthia Nixon, Judy Davis, Vincent D’Onofrio, Finn Wittrock, entre outros. São tão versáteis quanto são extremamente competentes e diversificados nos seus papéis.

Para além disso, Ratched conta com um guarda-roupa e cenários exuberantes que são tão eye popping que nos deixam derretidos. A verdade é que a junção dos elementos e a temática que está recheada de momentos empolgantes, fazem esta uma aposta das apostas mais ousadas de Murphy até agora.

A narrativa social é também ela magnífica, sendo utilizada como veículo de enriquecimento das personagens, ainda que o tom caricatural muitas vezes “caia mal”. No seu geral, Ratched é uma série bonita, com atores fabulosos, mas há algo que parece não encaixar na perfeição. Por muito que as personagens tenham, no seu geral, um tempo de antena que faz justiça às suas capacidades, e visuais suntuosos que acarinham os olhos dos espectadores, Ratched peca por tentar usar um nome clássico sem muita necessidade.

Há que dar mérito a Sophie Okonedo pela sua extraordinária e digna de Emmy-Golden Globe performance, especialmente pela dificuldade  e exigência transcendente do mesmo. Assim que virem, vão perceber…

Ratched Season Finale

O PIOR:

Na verdade, não me recordo já muito de One Flew Over the Cuckoo’s Nest

Lembro-me perfeitamente da enfermeira Ratched ter uma personalidade vincada e autoritária, mas não particularmente de ser cruel ou uma manipuladora nata. Talvez devesse rever para fundamentar melhor os meus argumentos, mas a verdade é que a falta de tempo é inimiga disso mesmo. No entanto, Ratched podia ser uma história própria, sem recorrer a referências desnecessárias de uma personagem clássica. Acho que, de alguma forma, a série utiliza um nome por utilizar, sem grande ligação histórico-argumentativa com a personagem que utiliza como mote.

Fazer um spin-off prequela com tons de terror de um clássico que se foca no estudo das capacidades mentais e na forma como elas não nos fazem seres humanos menores, é algo pouco substancial e, de certa forma, insultuoso, para o filme de onde é inspirada. A verdade é que Ratched tenta fomentar uma certa modernidade num estudo de personagem que não assenta com a mensagem principal do filme. É como estarmos com um copo de vinho numa mão e outro de água na outra…

É uma sensação um pouco desconfortável tentar lembrar-me da enfermeira Ratched desta forma… com uma génese humana muito problemática e dúbia. Não significa que a série seja desinteressante, mas não havia necessidade de se focarem numa personagem de um clássico para exporem aquilo que pretendiam. Uma história única em si, desapegada de referências funcionaria muito melhor.

No entanto, Ratched é uma aposta interessante e que oferece um verdadeiro serão de entretenimento com substância e que, apesar dos seus defeitos, não deixa de ser um desfile de talento a todos os momentos.

Ratched Season Finale

Estado da Série: RENOVADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 71 100 1
71%
Average Rating

Ratched é uma série visualmente apelativa e tem um elenco formidável de atores, ainda que por vezes caricature as suas personagens de forma exagerada e tente usar um nome de um clássico sem necessidade.

  • 71%

Comments