Mini-Reviews TV TV

Helter Skelter: An American Myth – Series Finale – 1ª Temporada

Helter Skelter Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE HELTER SKELTER!

Charles Manson é um nome que, por si só, já nos faz arrepiar a espinha. Um dos maiores serial killers da história dos EUA tem agora a sua vida exposta para conhecimento público neste exercício documental do canal Epix. Produzida por Greg Berlanti e realizada por Lesley Chilcott, Helter Skelter é um registo denso e detalhado de como Charles Manson e o seu culto conseguiram cometer alguns dos crimes mais atrozes da História da Humanidade.

Helter Skelter Series Finale

O MELHOR:

Para quem gosta de um bom documentário true crime, Helter Skelter pode ser aquilo que procuravam.

A verdade é que o documentário é tão vasto em informação que, para todos os que gostam de ser contextualizados, não só com o crime, mas com todos os intervenientes, Helter Skelter é extremamente competente. De facto, este é daqueles aspetos que ajudam esta mini-série a destacar-se das demais produções que se focam neste serial killer e no seu vasto culto de fãs.

É aqui que alguns ex-membros desta seita que ocupou o famoso Spahn Ranch (e deu origem a abordagens em Once Upon a Time in… Hollywood e até mesmo na série Mindhunter) chegam-se à frente das câmaras para falarem da sua experiência e de como Manson exercia influência nos seus comportamentos e vidas. A contextualização histórica e as mudanças da mesma são essenciais para uma maior compreensão de todo o fenómeno que deu origem a estes crimes tão violentos cometidos por este mastermind e os seus súbditos. No entanto, nem tudo corre bem em Helter Skelter, já que o excesso de informação torna-o aborrecido a certo ponto.

Helter Skelter Series Finale

O PIOR:

Helter Skelter, por muito detalhado que seja, procura desalmadamente entregar toda (mas mesmo TODA) a informação possível sobre os intervenientes (sejam eles físicos ou imateriais) que conduziram a todo o alarido causado por Manson e companhia.

O maior problema é que o excesso de informação retira a possibilidade de choque e de revelar a nu aquilo que realmente se passou. Ao utilizar entrevistas recentes e meramente imagens de arquivo circunstanciais, Helter Skelter foge do impacto que Manson causou nas vítimas dos seus crimes horrendos. Com isto quero dizer que o elemento de choque era essencial e foi substituído por informação atrás de informação que acaba por tornar-se cansativo para quem o está a acompanhar.

Mesmo que seja um fã incondicional de documentários deste estilo, e ter sempre aquele bichinho por saber detalhadamente quem Manson era e o que fez ao longo da sua vida, a quantidade desmesurada de intervenientes faz com que a minha mente se perca a certa altura em saber quem é quem e de que forma está envolvido. Helter Skelter inclui testemunhos de imensas pessoas que acompanharam este caso, desde membros do culto até jornalistas e historiadores. É demasiada informação em demasiado pouco tempo e apetrecha os episódios de tal forma, que parece que estamos a ver mais um filme numa aula de História do que a perceber a mente de um dos maiores vultos do crime norte-americano.

Helter Skelter Series Finale

Estado da Série: TERMINADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 65 100 1

65%
Average Rating

Helter Skelter é um exercício documentário competente, ainda que a sua densidade e quantidade abusiva de informação ofusque o choque e o impacto que o público devia sentir ao ver os crimes violentos de Charles Manson e do seu culto.

  • 65%

Comments