Mini-Reviews TV TV

AGT: Live Shows 1 – 15ª Temporada

AGT Season 15 Live Shows 1

CONTÉM SPOILERS DE AGT!

Bem-vindos ao espaço do CineAddiction onde depositamos as nossas alegrias e frustrações com um dos maiores talent shows do mundo! Depois de imenso talento ter desfilado durante as audições, chegou a vez das performances ao vivo que tanto ansiávamos. Agora, com a pandemia de COVID-19, AGT teve de fazer algumas mudanças à sua apresentação e, devido à ausência de Simon Cowell após uma grave lesão nas costas, Kelly Clarkson senta-se na cadeira de júri. Estes live shows do programa acabam por consagrar o talento que, até agora, era notório destes artistas fantásticos. No entanto, a América não tomou as melhores decisões; continua a pender para cantores quando existem já inúmeros programas de talento musical cantado: The Voice, American Idol, por aí fora.

AGT Season 15 Live Shows 1
AMERICA’S GOT TALENT — “Live Show 1” Episode 1511 — Pictured: Archie Williams — (Photo by: Chris Haston/NBC)

A verdade é que, por muito boa que seja a cantoria, há certos atos que marcam pela diferença e, de alguma forma, foram desperdiçados ao longo das votações. Tivemos 11 prestações, todas elas boas, grande parte delas memoráveis. Dessas onze encontramos Roberta Battaglia, Archie Williams, Double Dragon, Feng E, Brett Loudermilk, Shaquira McGrath, Pork Chop Revue, Frenchiebabyy, Simon & Maria, Michael Yo e Bello & Annaliese Nock.

Dos que se focam em vocal temos a pequena Roberta, o sentido Archie, a doce Shaquira e as irreverentes Double Dragon. De todas as prestações, se tivesse que escolher entre todos, daria o lugar a Archie Williams e a Double Dragon. É fácil entender o porquê do grande favorito deste ano seja Archie Williams, já que a sua história comovente é nítida nas letras das canções que escolhe; para além de ser um herói de uma vida trágica. Já Double Dragon não se limitam meramente a cantar, enchendo o ecrã com as suas veias de entertainers. Apesar dos restantes serem extremamente bons, são já vulgares no seu contexto. No entanto, a América continua a querer cada vez mais cantores no seu reportório.

AGT Season 15 Live Shows 1

Penso que o ato mais terrivelmente injustiçado foi o do pequeno Feng E que, com 9 anos, é um artista soberbo e fenomenal; único na sua arte. É o “Jimi Hendrix do ukelele”! Feng E toca quase como respira e, não ter passado à semifinal foi um erro gravíssimo. O mesmo se pode dizer de FrenchieBabyy, com um hipnótico poder contorcionista que, aliado a uma música poderoso de Kendrick Lamar, foi dançar com os seus braços serpenteantes, num registo único que quase ninguém neste mundo consegue replicar e….. tchan ran… eliminado!

Portanto, na minha humilde opinião os atos que passariam à semifinal seriam: Archie Williams, Feng E, FrenchieBabyy, Bello & Annaliese Nock e Simon & Maria. Vou deixar os vídeos em baixo para vocês verem por vocês mesmos as injustiças e deixem em comentário os vossos pensamentos! Até para a semana!

FINALISTAS DA SEMI-FINAL:

ROBERTA BATTAGLIA:

DOUBLE DRAGON:

BRETT LOUDERMILK:

SHAQUIRA MCGRATH:

ARCHIE WILLIAMS:

LOSERS DA QUARTERFINAL:

FRENCHIEBABYY:

MICHAEL YO:

SIMON & MARIA:

PORK CHOP REVUE:

FENG E:

BELLO & ANNALIESE NOCK:

Comments