Cinema Críticas

Crítica: Host (2020)

Host Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE HOST!

Depois de um domingo recheado de filmes terríveis, eis que o canal Shudder continua a surpreender. E de que forma! Andava já à procura de um filme de terror que me tirasse literalmente o sono e ele chegou. Host é realizado por Rob Savage e foi filmado inteiramente durante a quarentena. É um filme focado inteiramente no horror e em nada mais. Um grupo de amigas, durante o confinamento, decide fazer uma sessão de Zoom espiritual, chamando uma médium para tornar o encontro mais intenso. Tudo corre mal e uma força sobrenatural invade os lares das jovens, provocando o pânico, o caos e o terror mais arrepiante que se poderia imaginar.

Host Critica de Cinema

Host é um filme que está feito como uma proeza cinematográfica. Dentro da sua componente simples, consegue surpreender e deixar-nos a suar em bica. Toda a sua génese e natureza encaixa perfeitamente nos tempos em que vivemos agora e o terror de estarmos em casa ganha uma nova dimensão. Não é pela história que Host prima, de facto, mas é na intensidade de tudo o que vai acontecendo, aliando prestações magníficas das atrizes que participam. No seu começo, Host parece um filme extremamente infantil e básico, mas nada nos prepara para o que vamos ver a seguir.

O terror é gradual, de impacto, e, o mais incrível de tudo, é que tem apenas 57 minutos. Não há escapatória, não há como descolar do ecrã durante tão pouca duração. A realização é tão sublime que e acutilante que estamos sempre a temer pelo que vai acontecer a seguir. A proeza de nos conseguir enganar pela sua aparência amadora faz com que Host tenha um impacto ainda maior em nós. Acho que por um dos sustos que apanhei vou ficar literalmente com um galo na cabeça…

Host Critica de Cinema

E, com isto, um dos melhores filmes do ano, é um que foi feito com poucos recursos, apoiando-se nas prestações das suas atrizes desconhecidas e em peritos que sabem como assustar-nos em pouco tempo. Estou ainda a suar desde que vos escrevo este texto e a minha mente ainda não conseguiu descansar um pouco da intensidade do que acabei de ver. Se pensam que, por ser um filme pobre em execução, desenganem-se. Host é terror no seu estado mais puro e um que eleva o género para um novo patamar, enfiando Paranormal Activity num bolso e deixando-nos desconfortáveis porque nos consegue enganar com a sua ideia primitiva.

Recomendo vivamente que não vejam trailer nem leiam muito mais do que isto quando o virem porque irá estragar-vos a experiência.

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Host

Título Original: Host

Realização: Rob Savage

Elenco: Haley Bishop, Jemma Moore, Emma Louise Webb, Radina Drandova, Caroline Ward, Alan Emrys, Edward Linard, Seylan Baxter.

Duração: 57 min.

Trailer | Host

Comments