Mini-Reviews TV TV

Wizards: Tales of Arcadia – Series Finale – 1ª Temporada

Wizards: Tales of Arcadia series finale

PODE CONTER SPOILERS DE WIZARDS: TALES OF ARCADIA!!!

Em 2016, a Netflix, numa colaboração com a DreamWorks, trouxe-nos Trollhunters, uma série animada baseada nos livros infantis de Guillermo del Toro. O seu sucesso tornou-se inegável, o que levou o serviço de streaming à decisão de expandir este universo com outras duas séries, 3Below e Wizards. Pois bem, depois do fim da série principal e do seu primeiro spin-off, eis que a saga Tales of Arcadia chega ao “fim” com este Wizards.

Desta feita, a série segue Douxie (Colin O’Donoghue), um adolescente “normal” que é revelado como um aprendiz de Merlin (David Bradley), além de ter quase 900 anos de vida. Por força de circunstâncias, Douxie, Jim (Emile Hirsch), Claire (Lexi Medrano) e Steve (Steven Yeun), são catapulados para Camelot durante o século XII, onde terão de encontrar uma forma de voltar a casa, ao mesmo tempo que testemunham, e tomam parte, nos eventos históricos que levaram até à Batalha de Killahead Bridge.

O MELHOR:

Tales of Arcadia regressa para o capítulo mais mágico da trilogia.

No que refere ao campo visual, Wizards retém os toques visuais que marcaram esta trilogia desde o primeiro momento. No entanto, dado o seu foco no lado mais místico, esta aproxima-se mais a Trollhunters do que a 3Below em termos artísticos, e não nos queixamos imenso (até um certo ponto).

O design das suas personagens, dos espaços cénicos e também a execução de vários momentos de ação pintam Wizards com um toque familiar, mas não menos único e que podemos distinguir dos demais.

Sendo parte da trilogia, Wizards reintroduzir uma enorme fatia de caras conhecidas de Trollhunters (e algumas delas também têm direito a um melhor desenvolvimento), mas não descura das caras novas delas. Uma delas é Douxie, que ganha um maior relevo depois de permanecer em segundo plano nas séries anteriores. O seu trajeto pessoal pode parecer familiar, mas não deixa de ser cativante. E uma grande parte desse feito reside nos dotes de O’Donoghue, que traz consigo uma juventude surpreendente, mas também alguma profundidade.

A ele juntam-se também Archie (Alfred Molina), o familiar de Douxie e que se revela como uma grande ajuda (e uma fonte saudável de piadas inteligentes) ou Callista (Stephanie Beatriz), uma troll com quem Jim trava amizade e possui algumas raízes surpreendentes com a mitologia de Trollhunters.

Com a narrativa de viagens temporais no centro das atenções, Wizards dá-nos amplas oportunidades para testemunharmos eventos importantes para a mitologia. Seja a génese da guerra entre os humanos e trolls até aos momentos que levam Morgana (Lena Headey) a tornar-se na vilã principal de Trollhunters. Ou mesmo o nascimento da amizade entre Blinky (Kelsey Grammer) e AAARRRGGHH!!! (Fred Tatasciore), é caso para dizer que Wizards oferece algumas respostas para quem for fã acérrimo deste universo.

O PIOR:

Sendo a “conclusão” da trilogia, Wizards recebe a tarefa infeliz de concluir a trilogia, o que tem mais inconvenientes que se possa pensar.

Tal como tinha mencionado anteriormente, Wizards aproxima-se mais de Trollhunters em comparação com 3Below. No entanto, vai mais além nesse conceito do que meramente a estética. A narrativa parece que pertence mais à primeira série do que esta, o que não lhe dá necessariamente muito tempo para poder trilhar o seu próprio caminho.

E sendo o “final” da saga, também deixa bastante a desejar, com várias questões deixadas em aberto e algumas inclusões que só podem ser descritas como supérfluas. Uma dessa é a de Krel (Diego Luna), que não adiciona nada de relevante.

No entanto, e para surpresa de todos, este não é o fim de Tales of Arcadia, uma vez que foi confirmado que esta saga terá uma conclusão definitiva com Trollhunters: Rise of the Titans, um filme original da Netflix com estreia marcada para o ano que vem.

Wizards não é o final perfeito de Tales of Arcadia que os fãs pudessem desejar, mas como série em si, possui várias razões para sintonizar e devorar os 10 episódios que compõem esta “conclusão”, especialmente se forem fãs desta mitologia de Guillermo del Toro.

Enquanto esperamos pela conclusão com o filme, podem recordar o que achámos dos finais de Trollhunters e 3Below aqui e aqui.

Estado da série: TERMINADA

0 78 100 1

78%
Average Rating

Apesar de ter várias falhas bem aparentes, Wizards oferece-nos outra visão do mundo místico da saga Tales of Arcadia, o que fará o gozo dos fãs.

  • 78%

Comments