Mini-Reviews TV TV

Love Life – Season Finale – 1ª Temporada

Love Life season finale

PODE CONTER SPOILERS DE LOVE LIFE!!!

Não se pode negar que, em tempos de pandemia, os serviços de streaming têm ganho uma maior importância e adesão. De facto, como se já não bastasse termos acesso a serviços como a Netflix, HBO Portugal ou a Amazon Prime Video em Portugal (e isto sem contar com o esperado lançamento da Disney+ em território português em Setembro!), os outros cantos do mundo têm vindo a dar boas vindas a novos concorrentes, com a HBO Max e a Peacock a serem as mais recentes nos Estados Unidos. É improvável que tenhamos esses serviços em território nacional, mas pelo menos a HBO Portugal está a importar alguns desses projetos. E um deles é este Love Life, que marcou a estreia da HBO Max.

Nesta série, acompanhamos Darby Carter (Anna Kendrick), uma jovem adulta que, entre 2012 e 2019, tenta encontrar o amor no coração de Nova Iorque.

Love Life season finale

O MELHOR:

Ao contrário do que se possa imaginar, Love Life não é assim tão mau quanto possa parecer.

Apesar de contar com uma míriade de problemas que acabam por prejudicar a experiência de quem está a ver a série (que explorarei mais à frente), Love Life quer ser a comédia romântica que definirá a experiência de quem está à espera de um projeto com o carimbo da HBO Max.

Consistida por 10 episódios de 30 minutos cada, a primeira fornalha de episódios de Love Life acompanha Darby no seu trajeto de encontrar o amor numa era em que a ideia de romance torna-se cada vez mais complicado. E embora os primeiros episódios possam obedecer a uma fórmula já bastante familiar para quem for amante deste género, a série reserva os episódios finais da temporada para estabelecer outros tipos de laços amorosos sem envolverem romance. Seja Darby a tentar estabelecer uma ligação com a sua mãe, Claudia (Hope Davis), ou o teste da sua amizade com Sara (Zoe Chao), são esses os episódios que devem ser considerados como o verdadeiro destaque da série.

Love Life season finale

E no centro da ação, temos Anna Kendrick. Esta não é a primeira vez que vemos a atriz neste registo (aliás, a sua carreira tornou-se pautada pelo género da comédia romântica, se estivermos bem a ver!). Portanto, e embora este não seja o papel mais desafiante da sua carreira, Kendrick traz consigo um à-vontade adorável à sua Darby. Esta consegue ser amistosa na maior parte das suas cenas, mas tem alguns momentos de vulnerabilidade emocionais que conseguem ilustrar o potencial da atriz.

O PIOR:

Mas se tivermos de ser francamente honestos, Love Life não é um pedaço de “televisão extraordinária”.

O grande problema da maioria dos filmes e séries inseridas neste género é que, por vezes, têm de reinventar alguns conceitos para poderem ter um toque mais intemporal. É por causa destes “desafios” às normas convencionais da comédia romântica que séries como Friends ou How I Met Your Mother têm conseguido manter-se ativas, anos depois dos seus respetivos desenlaces. Love Life, por outro lado, é básico. Pura e simplesmente atira-nos de cabeça para o mundo da sua protagonista e da sua busca pelo amor, e é só!

A série possui algumas ideias que podiam ter sido melhor exploradas, mas infelizmente, por focar-se num único ponto de vista, acaba por perder esse mesmo potencial. Quando a série se lembra, até acompanhamos alguns trajetos de algumas personagens secundárias, mas não vão muito além disso.

Love Life season finale

Podem parecer queixas menores, mas se tivermos o panorama do romance, acaba por trazer consigo um enorme impacto. Com tantas cópias espalhadas nos vários meios, é quase impossível encontrarmos alguns projetos que consigam ser verdadeiramente criativos com algumas das tropes a que nos habituámos. Por isso é que temos filmes e séries que conseguiram resistir ao teste do tempo; Love Life terá de fazer um enorme exercício se se quiser manter relevante durante um bom tempo.

HBO Max já renovou Love Life para uma segunda temporada, que seguirá uma protagonista e uma história diferentes. Portanto, vamos esperar para ver se a equipa da série conseguirá aprender com os problemas desta temporada inaugural.

Podem ler outras das nossas Mini-Reviews aqui.

Estado da série: RENOVADA

0 55 100 1
55%
Average Rating

Love Life tem algumas boas ideias, mas no fim e ao cabo, desperdiça-as ao tentar incuntir-nos uma história já tão batida em tantos outros meios.

  • 55%

Comments