Mini-Reviews TV TV

Ju-On: Origins – Series Finale – 1ª Temporada

Ju-On Origins Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE JU-ON: ORIGINS!

A Netflix foi ousada o suficiente para se inserir no gigantesco franchise japonês (quer dizer… agora com os remakes podemos dizer que é internacional) Ju-On (The Grudge ou A Maldição). Num ano em que este mesmo recebeu um novo(!) remake de Nicolas Pesce, Ju-On está a ser espremido até à exaustão, onde não há já nada por onde pegar. Neste Ju-On: Origins, somos guiados pela famosa casa onde tudo começou e ficamos a conhecer os diferentes crimes que deram origem a esta maldição terrível que continua a fazer as delícias de fãs por todo o mundo.

Ju-On Origins Series Finale

O MELHOR:

Apesar de ser um pouco “mais arroz”, Ju-On: Origins tem alguns trunfos na manga.

Mesmo que pouco (ou quase nada se entenda) desta “nova” narrativa, a mini-série procura arranjar artifícios interessantes para expor (e entregar) o horror aos espectadores. Adotanto uma estrutura semelhante à de DARK, Ju-On: Origins é hábil em justificar a sua problemática linha temporal, suavizando os tons e substitui a cor pelo tom preto e branco para fugir à fórmula já saturada.

Há também uma sequência ou outra de terror que acaba por surtir efeito (aquele feto vai causar pesadelos!), mas em geral pouco se aproveita de criativo.

O PIOR:

O massacre constante de algo que já não tem muito por onde fugir continua a ser o pior dos franchises.

Ju-On nunca teve intenções de ser transformado nisso e, acima de tudo, não tem narrativa que consiga compor um ou mais filmes, caindo sempre nos mesmos erros e tornando-se repetitivo na história. As personagens desta versão de origem são extremamente desinteressantes e sem camadas suficientes para nos agarrar.

Ainda que uma ou outra sobressaia, Ju-On: Origins é demasiado simples, curta e desprovida de componente dramática que torna-se mais caricatural do que consegue assustar ou ser credível. As linhas temporais confusas e constantemente a mudar também não nos trazem segurança, levando-nos a estar perdidos no que realmente está a acontecer diante dos nossos olhos.

A realização também não é propriamente inovadora e mantém o legado dos filmes anteriores sem grandes surpresas. Talvez para quem seja um die hard fan de Ju-On consiga apreciar as diferenças, mas são tão poucas e tão desnecessárias (já para não falar da fadiga causada pelo próprio franchise cinematográfico) que o envolvimento se vai perdendo, episódio após episódio.

No entanto, há sempre uma sequência boa ou alguma brisa leve de criatividade, mas não consegue suportar o formato episódico, nem marcar pela diferença em algo extremamente vulgar e saturado.

Ju-On Origins Series Finale

Estado da Série: TERMINADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 32 100 1
32%
Average Rating

Ju-On: Origins é uma mini-série de origens que nada traz de novo e continua apenas com a saturação já desnecessária de um franchise que não tem mais por onde espremer.

  • 32%

Comments