Mini-Reviews TV TV

Unsolved Mysteries – Midseason Finale – 1ª Temporada

Unsolved Mysteries Midseason Finale

CONTÉM SPOILERS DE UNSOLVED MYSTERIES!

A Netflix recuperou (e fez um reboot) da série documental clássica Unsolved Mysteries, outrora apresentada por Robert Stack. A série explorava mistérios de casos que nunca foram resolvidos e, muitas vezes, estariam associados a raptos alienígenas, ou fenómenos paranormais normalmente inexplicáveis. Nesta versão contemporânea, a ideia muda, ao focar-se em casos criminais de difícil resolução e que são ambíguos de interpretação. Como uma versão documental de The Sinner, Unsolved Mysteries é empolgante ao mesmo tempo que se torna algo frustrante. Ao adquirir um cariz sensacionalista, a série é tanto interessante quanto é redundante (ou de fácil resposta).

Unsolved Mysteries Midseason Finale

O MELHOR:

Há certos casos (e certos episódios) onde Unsolved Mysteries é extremamente eficaz.

Pessoas desaparecidas, estranhos objetos voadores e homicídios aparentemente inexplicados, enchem o ecrã episódio após episódio, trazendo uma brisa de curiosidade que desconhecíamos precisar nesta altura. Os documentários de crime são uma obsessão pessoal e Unsolved Mysteries complementa esta ânsia e esta procura incessante pela verdade. Embora nem sempre surta o efeito desejado, a construção episódica é extremamente interessante, vasculhando casos de uma execução bizarra, ainda que muitos pareçam demasiado óbvios.

Mas a realização, que ao contrário da série clássica faz reconstruções dramáticas utilizando atores inexperientes, foca-se mais no aspeto documental e nas entrevistas de envolvidos ou testemunhas, dando um toque mais realista à abordagem pretendida. É também aqui que a série ganha o seu maior trunfo: a naturalidade e espontaneidade dos entrevistados.

São raras as vezes em que temos segurança do que realmente aconteceu e, muito disto, deve-se à credibilidade dos testemunhos que vamos observando e ouvindo. Para manter um espectador investido, há que recorrer a este artifício para nos aumentar (e estar constantemente a aguçar) a curiosidade.

Unsolved Mysteries Midseason Finale

O PIOR:

Unsolved Mysteries devia ter-se focado apenas num género.

Se pretende apenas ser uma abordagem de casos criminais de difícil conclusão ou cujo resultado foi inconclusivo, então acrescentar fenómenos paranormais ou científicos já não se enquadra na sua génese construtiva. Com isto quero referir que o episódio de Berkshire’s UFOs acaba por estar totalmente à deriva na temporada.

Esta falta de estruturação narrativa faz com que os aficionados por documentários criminais como eu se sintam um pouco perplexos e desnecessariamente confusos com a inclusão de um episódio deste género. Mesmo sendo um episódio interessante, rompe com a adrenalina de querer desvendar mais casos que, claramente, são do foro policial e de investigação forense.

Como ainda é cedo para afirmar se Unsolved Mysteries irá manter esta estrutura a longo prazo (ainda falta sair a segunda metade da temporada com data ainda por determinar), a série precisa de se definir e de saber articular bem as necessidades do seu público-alvo e definir aquilo que realmente pretende ser. Ainda assim, é um começo agradável e que nos deixa passar um serão bastante satisfatório.

Unsolved Mysteries Midseason Finale

Estado da série: STAND-BY

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 70 100 1
70%
Average Rating

Apesar de ainda não encontrar uma estrutura bem definida, Unsolved Mysteries é um reboot que irá aguçar a curiosidade dos fãs de crime documental e que ainda tem um longo caminho a percorrer.

  • 70%

Comments