Mini-Reviews TV TV

Harley Quinn – Season Finale – 2ª Temporada

Harley Quinn season finale

PODE CONTER SPOILERS DE HARLEY QUINN!!!

Hoje em dia, parece que Harley Quinn está em tudo o que é lado. Começando como uma personagem original para a série Batman: The Animated Series, a sua receção pelos fãs e pela comunidade da banda desenhada foi tão calorosa que esta personagem tresloucada deu o salto para outros meios da comunicação social, sejam outras séries, filmes animados, bandas desenhadas e videojogos. Com a sua recente aparição numa grande tela em formato live-action, Harley Quinn continua a marcar presença nos vários meios de comunicação social existentes, agora com uma série animada para adultos em seu nome. Mais surpreendente ainda é esta segunda temporada ter sido lançada semanas depois dos desenvolvimentos da temporada anterior!

Com a Liga da Justiça desaparecida e Batman tido como morto, a cidade de Gotham encontra-se mergulhada num profundo caos, com os vários vilões a tomarem conta das várias áreas da cidade. E no meio disto tudo, temos Harley e os seus companheiros, que tentam encontrar maneiras de tomarem Gotham para eles!

O MELHOR:

Harley Quinn é literalmente obrigatório para quem for um/a fã incondicional da personagem.

Durante anos, temos visto versões radicalmente diferentes da cidade de Gotham e dos seus cidadãos. Harley Quinn não é exceção a essa regra, entregando-nos uma visão radicalmente diferente do que estaríamos à espera. Mas esta mudança é intencional, uma vez que os produtores partilharam a sua visão de acordo com o ponto-de-vista de Harley. Portanto, não estranhem ver um Damian Wayne como um adolescente mimado ou um Bane que imita a versão vocal de Tom Hardy ou um Comissário Gordon mais interessado em ser um alcoólatra do que um bom polícia. Está tudo na cabeça de Harley.

O R rating da série também assenta que nem uma luva na série, presenteando-nos com algumas sequências em que palavrões ou violência excessiva (ao ponto de ser hilariante) que, em retrospetiva, assentam que nem uma luva neste mundo de Harley Quinn.

Sendo esta uma série animada, é impossível não abordarmos a questão do elenco, muito menos abordar a questão de termos Kaley Cuoco (a Penny de The Big Bang Theory) a encarnar a personagem. Ainda que seja um pouco estranho ouvirmos Harley sem o seu sotaque icónico, depressa nos habituamos a esta versão da personagem, e parabéns têm de ser entregues a Cuoco pelos seus esforços, já que a atriz conseguiu capturar a loucura inerente da personagem, ao mesmo tempo que vai abordando o seu lado mais vulnerável, relembrando-nos que, apesar dos seus atos, Harley consegue ser uma personagem carismática e de bom coração.

Cuoco não se encontra sozinha nesta demanda, uma vez que o seu círculo interno está repleto de personagens que a vão ajudando a evoluir. As relações entre esta e outras personagens mais ligadas ao seu passado, como Joker (Alan Tudyk) ou Batman (Diedrich Bader), são o pão-nosso-de-cada-dia, mas existe algo especial sempre que vemos Harley juntamente com Poison Ivy (Lake Bell). Esta é uma amizade que tem permanecido constante nas bandas desenhadas durante anos (por vezes roçando numa aura mais romântica), e é bom vermos essa mesma amizade a florescer no pequeno ecrã.

A série ainda goza de um elenco vasto, que vai variando entre atores recorrentes e guest stars, acabando por enriquecer este mundo com as suas performances surpreendentemente competentes.

O PIOR:

Harley Quinn está longe de ser uma série perfeita.

O facto de outras séries da DC Universe, tais como Titans, Doom Patrol ou Stargirl estarem a receber uma maior atenção de certeza que causará bastantes estragos a Harley Quinn, que corre o sério risco de não ter a visibilidade que claramente merece (honestamente, só comecei a acompanhar a série algum tempo depois da conclusão da sua temporada inaugural).

E mesmo a sua abordagem artística tem muito que se lhe diga, tornando-se um método mais conveniente do que espetacular. Felizmente, esta componente não serve de detrimento para o desenrolar da narrativa.

Em suma, se forem fãs de Harley Quinn, ou de uma boa série animada mais orientada para adultos, poderão encontrar aqui uma série irreverente com alguns toques de humanidade espalhados pelo caminho.

Desconhece-se, para já, se Harley Quinn terá direito a uma terceira temporada. E julgando o panorama atual, é duvidável que tenhamos uma resposta concreta!

Podem ler outras das nossas Mini-Reviews aqui.

Estado da série: STAND-BY

0 80 100 1

80%
Average Rating

Harley Quinn está de regresso ao pequeno ecrã, com uma série animada para adultos tresloucada e violenta. Ou seja, assenta que nem uma luva na personagem!

  • 80%

Comments