Cinema Críticas

Crítica: Disclosure (2020)

Disclosure Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE DISCLOSURE!

Vivemos numa época em que o racismo e a discriminação continuam infelizmente a fazer parte do dia-a-dia da humanidade. Somos membros de uma sociedade diversificada e que cada vez mais precisamos de nos adaptar à mesma e aceitar aqueles que fogem do campo heteronormativo e que, tal como qualquer outro ser humano, merecem uma oportunidade de felicidade. Disclosure apresenta a comunidade transsexual no ramo do entretenimento e na indústria das artes e nos problemas gerais da má representação da mesma no ramo.

Disclosure Critica de Cinema

Com celebridades que todos nós conhecemos das nossas séries e filmes favoritas dão a cara para revelar todas as dificuldades que passaram para se ambientarem a um clima (mais uma vez infelizmente) que continua a negar-lhes oportunidades e a ostracizá-las pela sua transformação. Laverne Cox, conhecida pela sua prestação em Orange is the New Black, Sandra Caldwell, Lilly Wachowski (uma das co-criadoras de The Matrix e da extraordinária série Sense8), Jamie Clayton (a Nomi de Sense8), entre muitos outros, desfilam na câmara e contam as suas experiências enquanto jovens e na precária (ou quase inexistente) representação da sua comunidade em cinema e televisão.

É pena que ainda tenhamos que ver tanta revolta, tanto ódio e tanta discriminação. O ser humano é horrível em reger-se pelos padrões heteronormativos que não conseguem acompanhar a evolução dos tempos e da sociedade. Pena é também que a representação e o bullying cinematográfico e televisivo tenha reduzido a comunidade transsexual a alvos de chacota e/ou indivíduos com distúrbios mentais, que terminam sempre pela via homicida. Disclosure é a voz que esta comunidade precisa para que todos os transsexuais que ainda não se assumiram ou ainda não se revelaram encontrem um ligeiro conforto. É um filme essencial, ainda que pessoalmente me incomode que a sociedade ainda esteja tão pouco madura em entender.

Disclosure Critica de Cinema
Disclosure
SEASON
All
EPISODE

PHOTO CREDIT
Ava Benjamin Shorr/Netflix
PICTURED
Disclosure. Lilly Wachowski in Disclosure. Cr. Ava Benjamin Shorr/Netflix.

A verdade é que Disclosure é uma película simples e que se foca maioritariamente em excertos de filmes e de entrevistas pessoais destas celebridades que moveram montanhas para encontrarem o seu lugar dentro de uma sociedade que se diz ser maioritariamente tolerante e que prima pelos valores de aceitação. Hollywood é um passo importante para que todos se sintam incluídos num meio de oportunidades e de estrelato. Ninguém merece ser julgado pelas suas opções, cor da pele ou orientação sexual e ainda é assustador o caminho a percorrer para haver igualdade de direitos para todos.

Mesmo que Disclosure seja importante, acaba por ser um documentário básico de informação e um que elucida sobre os problemas que as minorias continuam a enfrentar nesta sociedade tão padronizada e tão retrógrada em aceitar o próximo. Infelizmente (é a terceira vez que repito a palavra) estes documentários ainda são relevantes porque ainda não entendemos, enquanto sociedade, que só existe uma raça, a humana, e que todas as variantes dela não a tornam diferente. Pelo contrário, deviam torná-la era mais unida e protetora de si mesma.

Portanto, Disclosure é um documentário importante e um que merece ser visto por todos para terminar com preconceitos e mudar as mentalidades mais pobres de espírito.

Disclosure Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Disclosure

Título Original: Disclosure

Realização: Sam Feder

Duração: 100 min.

Trailer | Disclosure

Comments