Mini-Reviews TV TV

Siren – Season Finale – 3ª Temporada

Siren Season Finale

CONTÉM SPOILERS DE SIREN!

As sereias mais famosas da televisão estão de volta, para mais uma temporada que continua a provar que esta é provavelmente uma das séries mais subvalorizadas dos últimos anos. Claro que tem falhas, algumas devido ao canal que se insere, mas Siren é um produto feito com as melhores intenções e, por mais incrível que pareça, surte um efeito extremamente positivo no público que a acompanha, já que está constantemente a evoluir com as suas personagens e calmamente a explorar a mitologia que a acompanha.

Siren Season Finale

O MELHOR:

Não só continua Eline Powell uma carismática protagonista, como Siren continua a apalpar terreno para abrir novas portas na sua história. O facto de não possuir fillers, ajuda a série a concentrar-se na sua mensagem e nas suas personagens extremamente interessantes. Apesar de nem todas as prestações serem bastante boas, pelo menos mantêm o nível de competência exigido.

A verdade é que Siren explora novos problemas, intrigas e temáticas ambientais nesta 3ª temporada e fá-lo de forma empolgante. Há toda uma compreensão e uma tentativa de unir e dar credibilidade a todas as personagens que compõem o seu enredo. Isso é essencial para manter este guilty pleasure a progredir na expansão da sua história.

A banda sonora continua infalível e chegam novos temas que nos ficam no ouvido e que acabamos sempre por associar à série. O desenvolvimento da mitologia é progressivo. Ficamos a conhecer novos comportamentos das sereias, bem como passamos a conhecer alguns novos intervenientes (sejam eles humanos ou não) que acrescentam alguns aspetos importantes e contribuem largamente para o desenvolvimento da narrativa. Ao contrário de muitas séries do género, Siren é incansável em projetar várias mensagens importantes, sendo grande parte delas focadas na preservação ambiental dos oceanos.

Siren Season Finale

Claro que tenho visto bastantes comentários negativos em relação ao trio amoroso da série (sim, é uma poligamia saudável), mas desde o início que Siren é explícita na direção e rumo que quer dar às suas personagens. Com a aproximação de Ben (Alex Roe) e Ryn (ficamos aqui a conhecer a bebé Hope), Maddie (Fola Evans-Akingbola) está à procura de um novo rumo. Ao contrário de outras séries que usam a morte para justificarem as personagens saírem da história (muitas vezes quando não há criatividade para lhe dar um destino credível), Siren prefere ampliar a sua génese e incluir um novo romance e uma nova missão para a personagem. Portanto, não vejo o acabar da poligamia como algo negativo, mas sim como uma tentativa de dar um rumo mais credível e menos ornamental à personagem de Maddie.

Obviamente que nem tudo é perfeito, e há muito a melhorar, mas Siren é extremamente entertaining, tem as suas intenções claras e vai construindo a sua temática gradualmente, aproveitando as suas personagens e dando-lhes novos propósitos que parecem inteiramente orgânicos e não os coloca forçosamente.

Siren Season Finale

O PIOR:

A única coisa que fica aquém (ou pelo menos que é mais evidente), é precisamente os efeitos visuais que são pobres em muitas das sequências.

Claro que o olho vai-se habituando, já que Siren pertence a um canal direcionado à camada jovem. No entanto, há que apostas um pouco na violência gradual para revelar que, quer no mundo dos humanos, quer no mundo oceânico, a violência existe e faz parte. Mesmo não saindo do estatuto de guilty pleasure, Siren tem uma qualidade interessante e que começa a dar sinais (e frutos) de querer tornar-se ainda melhor.

Por todo este esforço, e pelo entretenimento maravilhoso destas semanas, Siren merece ser recompensada com um público maior e mais vasto e que, mesmo sendo menos apelativa por alguns aspetos, o seu coração está no sítio certo e é extremamente bonita.

Siren Season Finale

Estado da Série: STAND-BY

Leiam a nossa Mini-Review anterior de Siren aqui.

0 81 100 1
81%
Average Rating

Siren continua a provar que é um guilty pleasure com qualidade, aproveitando a mensagem ecológica e focando-se em dar credibilidade e camadas às suas personagens. É uma série começa a mostrar sinais de que quer florescer e merece um público mais amplo.

  • 81%

Comments