Mini-Reviews TV TV

Outlander – Season Finale – 5ª Temporada

Outlander Season Finale

CONTÉM SPOILERS DE OUTLANDER!

O casal mais fantástico da televisão regressa para mais uma temporada que, tanto tem de bom, como revela algumas fragilidades. No entanto, Outlander continua a provar que é uma das melhores produções televisivas dos últimos anos e uma que, infelizmente, ainda é relativamente pouco apreciada em Portugal.

Outlander Season Finale

O MELHOR:

O segundo ato da temporada é verdadeiramente vertiginoso.

Caitriona Balfe merece um Emmy ou um Golden Globe pela maravilhosa prestação que teve durante toda a pressão que foi exigida durante esta temporada. E Sam Heughan, claramente, não lhe fica muito atrás. Há um crescimento e maturação das personagens principais, bem como os restantes intervenientes, Bree, Roger, Ian, etc., fazem com que Outlander permaneça fiel aos seus cânones e não desperdice nenhuma delas.

O encerrar das pontas soltas e a injeção de novos perigos no segundo ato, faz com que Outlander continue a sobreviver com qualidade, apoiando-se mais na mitologia que criou e nas relações problemáticas que vão chegando gradualmente com novas personagens. A verdade é que ver Stephen Bonnet a perecer pelas mãos de Brianna foi aquele “THANK YOU!” que já devia ter chegado há bastante tempo. Mesmo assim, Outlander voltou a incluir o vilão encarnado por Ed Speelers, um pouco forçosamente na narrativa para dar aos fãs o que eles precisavam. E é aqui que, mais tarde neste texto, nos iremos focar.

Mas toda a restante produção, desde os cenários, guarda-roupa, banda-sonora e o trabalho de realização é extremamente competente. As perdas regressam e a série volta a ter o carisma que tinha desde a sua extraordinária primeira temporada. Apesar de me sentir um pouco dececionado com Outlander, não deixo de reconhecer que é uma série magnífica e que merece um pouco mais de reconhecimento do que aquilo que tem recebido, especialmente em Portugal, que há bastante resistência e relutância em lhe dar uma oportunidade.

Outlander Season Finale

O PIOR:

Esta temporada de Outlander sofre um pouco de falta de “arranque”.

Com isto quero dizer que, durante 6 episódios, Outlander empanturra-se de… praticamente nada! Vemos o dia-a-dia das personagens e sentimos que tudo é idílico e perfeito. Episódios longos em que vemos aquilo que já conhecemos dos Frasers e restantes habitantes de Fraser’s Ridge. Sem acrescentar nenhuma nova camada às personagens. Sempre defendi Outlander como sendo uma série maioritariamente contemplativa e, de facto, isso não deixa de ser uma das suas maiores qualidades. Mas a série precisa de ser reinventar e adicionar novas camadas para agarrar o espectador.

É apenas no episódio 7 que isso chega com um episódio extraordinário de nome The Ballad of Roger Mac, onde a série volta a apostar no sentimento de perda, e começa finalmente a encerrar algumas pontas. No entanto, o fluxo narrativo é quebrado com a inclusão algo estranha do enredo de Stephen Bonnet e da decisão de terminarem com a personagem. Não me interpretem mal, finalmente houve justiça, mas parece que não existiu uma ponte de transição para se voltarem a focar nele assim tão repentinamente. Deveriam ter estruturado melhor a temporada e arrumar com esta personagem tão vil e tão asquerosa no início da temporada, para que houvesse uma continuidade e um fluxo mais natural de história a seguir.

Outlander Season Finale

A verdade é que trazer alento às vidas de Claire e Jamie, por muito que seja algo que todos nós queiramos, de facto, ver, deve surgir mais quando a série trabalhar primeiro a sua mitologia, explicar algumas arestas de história que ainda estão sem justificação (não sei se lembram, mas no final da primeira temporada, Claire encontra-se numa linha temporal diferente, com Jamie a vê-la da janela, portanto, como e quando é que Jamie foi para o tempo de onde Claire é proveniente?), para além de dever trabalhar ainda melhor as suas personagens secundárias. Estou satisfeito com Marsali que está a ter o tempo de antena devido e outras personagens devem recebê-lo também.

Sente-se que ainda estamos a roçar a superfície do potencial de Outlander, e, primeiro os perigos devem desaparecer todos, para desfrutarmos de ver a família Fraser feliz. Espero que a temporada seguinte traga ainda melhores conclusões e que, pelo menos, não seja preguiçosa em arrancar e que esteja melhor estruturada em termos de seguimento.

Estado da Série: RENOVADA

Leiam o nosso Frame by Frame anterior de Outlander aqui.

0 75 100 1
75%
Average Rating

Apesar de continuar a ser uma das melhores séries da atualidade, Outlander sofreu de problemas de estruturação nesta temporada, para além de continuar a ser demasiado leve no seu começo, perdendo alguma força.

  • 75%

Comments