Mini-Reviews TV TV

The Innocence Files – Series Finale – 1ª Temporada

The Innocence Files Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE THE INNOCENCE FILES!

Fãs de true crime, a Netflix lançou uma nova mini-série documental que se foca em vários casos de condenação injusta. Todos eles distintos mas todos eles emocionais, ainda que demasiados detalhes tornam a experiência algo chata de acompanhar.

The Innocence Files Series Finale

O MELHOR:

O fator humano de The Innocence Files é extremamente forte.

Ao contrário de The Confession Tapes, em The Innocence Files conseguimos sentir a dor dos intervenientes e ter uma visão alargada daquilo que os condenou injustamente por parte da procuradoria. Todos os casos merecem ser vistos, e relembrar que o ser humano é aquele que procura por bodes expiatórios fáceis em vez de ir à busca das provas certas. A verdade é que os detalhes, por um lado surpreendem, por outro nem tanto.

Apesar de tudo, esta nova aposta da Netflix consegue, por momentos, emocionar o espectador em vez de recorrer à parte expositiva. Mas o problemas, é que este “por momentos” fica-se mesmo por aí. No entanto, há que dar reconhecimento e mérito à equipa por conseguir desvendar estes mistérios, sabendo que, em contrapartida, o público é ignorante perante estes acontecimentos.

The Innocence Files Series Finale

O PIOR:

No entanto, demasiado detalhe também implica demasiada informação a ser processada em pouco tempo.

Por muito que The Innocence Files seja competente em expor o seu mote, torna-se incrivelmente saturante as peculiaridades que vão buscar para dizer que “o governo falhou com estas pessoas”. Isso é patente desde o início… estar constantemente a batalhar no mesmo torna a mini-série demasiado maçuda.

Há uma clara necessidade extrema de aumentar a duração dos episódios e este produto acaba por perder força por ser demasiado afincado. Não quero desvalorizar todo o trabalho envolvido, mas fica a sensação de que podia ter sido absorvida alguma informação desnecessária para avançar com a temática.

O facto de os episódios aumentarem de duração também não ajuda, ainda que partilhemos a dor dos injustiçados. Há episódios melhores que outros, mas a verdade é que The Innocence Files poderia ser uma exploração da organização em si em conjunto com os casos que vão resolvendo, em vez de estarem sempre focados no mesmo.

The Innocence Files Series Finale

Testemunhos já não são novidade, muito menos o revelar de que o sistema judicial norte-americano tem lacunas graves e muita corrupção (não é o único, mas é aquele que vemos com maior frequência). No entanto, apesar de toda esta densidade informativa, The Innocence Files é precisamente aquilo que precisamos: a vida é uma questão de “ses”. E com isto refiro-me a: E se eu não estivesse ali? E se eu não conhecesse a pessoa? E se eu não me conseguisse ver livre disto?

Todas estas questões fazem parte da vida e, ser condenado injustamente por ela, é sinal que a vida, tal como nós, tem que crescer e amadurecer. Fica a sugestão, ainda que seja uma para ver com calma e espaçadamente.

Estado da Série: TERMINADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 76 100 1
76%
Average Rating

Apesar de ter o coração no sítio certo, The Innocence Files torna-se maçuda para quem não está familiarizado com o género e é demasiado detalhada, o que lhe tira um pouco do foco emocional que pretende obter.

  • 76%

Comments