Cinema Críticas

Crítica: The Elephant Queen (2019)

The Elephant Queen Critica de Cinema

CONTÉM SPOILERS DE THE ELEPHANT QUEEN!

Ao contrário de Elephant, The Elephant Queen é precisamente aquele documentário sobre a espécie que precisávamos. E isto porque absorve o quanto esta espécie é fulcral para criar ecossistemas e de como as vidas de diferentes animais estão relacionadas umas com as outras.

The Elephant Queen Critica de Cinema

Conheçam Athena, a última matriarca com a maiores presas do mundo. Ela criou um pequeno santuário, em torno de um pequeno poço de água, onde a sua família tem água e alimento com abundância, até à seca que se avizinha. E, neste poço, vivem também alguns habitantes peculiares como o ganso do Egito, a rã-touro, os cágados, entre muitos outros. Todos eles dependem destes elefantes e de como eles mantêm este poço ativo durante muito tempo.

The Elephant Queen é uma obra singular de um documentário que apresenta inúmeras facetas interessantes. Para além da componente técnica, a narração de Chiwetel Ejiofor é extremamente envolvente. E, o facto de o documentário expandir e mostrar a relevância de como as espécies necessitam umas das outras para sobreviver, dá aquela força de preservação e conservação que é fulcral nos tempos que correm.

Até mesmo o humor resulta e também existem momentos de dor e ternura. É a receita ideal para sensibilizar as gerações, à qual Elephant não conseguiu. A grande diferente não reside nos protagonistas, mas sim pelo equilíbrio entre a infantilidade da narrativa e pela expansão deste mundo que é tão rico e vasto. Explorar as relações entre as espécies é, sem sombra de dúvida, o que confere carisma a The Elephant Queen.

The Elephant Queen Critica de Cinema

É um documentário repleto de diversão, construído de forma simples, mas aproveitando todo o meio que depende dos protagonistas (sendo eles os elefantes) e percebendo o porquê. O resultado acaba por ser absolutamente ternurento, com uma história que vai muito além ao que se esperaria. Aqui não estamos só a torcer por Athena, mas sim por todos os restantes: desde o patinho Stephen (que fica sempre para último), ao escaravelho que combate contra outros para garantir a sua refeição (há um momento hilariante com toques de Mortal Kombat nesta parte), às tartarugas que têm de fugir para não serem esmagadas pela excitação dos seus amigos de grande porte, e todos nós não conseguimos resistir-lhes.

Seja pelos motivos humorísticos ou até mesmo mais dramáticos, a verdade é que The Elephant Queen reforça a importância que todas as espécies têm para contribuir para um ecossistema saudável. Algo que nós, enquanto seres humanos, deveríamos por esta altura ter percebido.

The Elephant Queen Critica de Cinema

Leiam outras Críticas aqui.

Título: A Rainha dos Elefantes

Título Original: The Elephant Queen

Realização: Mark Deeble & Victoria Stone

Narração: Chiwetel Ejiofor

Duração: 96 min.

Trailer | The Elephant Queen

Comments