Mini-Reviews TV TV

Miracle Workers – Season Finale – 2ª Temporada (Dark Ages)

Miracle Workers season finale

PODE CONTER SPOILERS DE MIRACLE WORKERS: DARK AGES!!!

No ano passado, a TBS lançou uma série apelidada de Miracle WorkersBaseada na obra homónima de Simon Rich, esta série limitada centrou-se num grupo de anjos numa tentativa de criar um milagre que impedisse Deus de destruir o planeta Terra. Essa temporada era doce – e tinha uma força enorme graças ao seu elenco liderado por Daniel Radcliffe, Geraldine Viswanathan, Karan Soni, Jon Bass, Lolly Adefope e Steve Buscemi – mas também não era uma série verdadeiramente extraordinária (afinal, tinha uma dura competição com The Good Place), já para não falar que a sua conclusão ditou que seria improvável vermos uma segunda temporada. E ainda, foi exatamente isso que tivemos este ano, com Miracle Workers agora convertida para uma série antológica e com esta segunda temporada focada nas Dark Ages!

Nesta nova aventura, o elenco principal toma novos papéis, desta vez para sobreviverem o dia-a-dia em Lower Murkford, um pequeno reinado assolado pela pobreza e pela ignorância.

Miracle Workers season finaleO MELHOR:

Miracle Workers safa-se pela sua doçura e pelo seu elenco.

Na temporada anterior, a maior parte da ação decorreu em volta de quatro atores – Radcliffe, Viswanathan, Soni Buscemi – e o quarteto exibiu performances que, embora não fossem extraordinárias, eram minimamente competentes, tanto em termos mais dramáticos como hilariantes. E esta é uma tendência que se repete nesta nova temporada. Sim, agora desempenham novos papéis e possuem novas dinâmicas, mas não deixa de ser o quarteto principal que, tal como na temporada anterior, volta a exibir performances tocantes e engraçadas, do princípio até ao fim.

Também ajuda que Miracle Workers continua a ser uma aventura doce. Claro que a comédia é um pouco hit or miss, e mesmo as alegorias modernas tem um sabor agridoce, mas fica mais do que claro que a série tem as melhores intenções no sítio certo.

Miracle Workers season finale

O PIOR:

Ainda assim, Miracle Workers não aquece nem arrefece.

O quarteto principal está de parabéns, tanto pelo material que recebem como pela química que vão demonstrando ao longo da temporada. Infelizmente, o mesmo não se aplica para o resto do elenco, que fica renegado para papéis sem qualquer tipo de relevo ou, pior ainda, que caem nos velhos estereótipos do costume. Seria pedir demais por um pouco mais de criatividade?

A temporada conta com uma duração mais alargada – a primeira temporada consistia em sete episódios, enquanto esta conta com dez – mas perde um pouco o seu rumo. A temporada anterior podia ser curta, mas pelo menos tinha uma direção concreta e que tomaria a maior parte da ação da temporada. O que aqui tivemos? Uma espécie de pseudo-sketch show, em que cada provação seria resolvida de forma simples e bonita. Os episódios finais felizmente optam por uma abordagem mais serializada, mas o dano já estava mais do que feito.

Miracle Workers: Dark Ages pode ser vista como uma alternativa mais “leve” para um serão mais agradável. Mas se esperam encontrar algum significado profundo neste produto, não contem muito com isso.

Podem ler a nossa Mini-Review da temporada anterior aqui.

0 62 100 1
62%
Average Rating

Esta segunda temporada de Miracle Workers retém alguns dos seus elementos da temporada anterior, para o bem e para o pior.

  • 62%

Comments