Cinema Críticas

Crítica: Bad Boys for Life (2020)

Bad Boys for Life

Bad Boys for Life é o mais recente filme da saga Bad Boys. Traz de volta a dupla de detetives Mike e Marcus numa última grande encruzilhada na luta contra o crime em Miami.

Não é fácil para mim separar o filme e a análise dele, do significado e da história que Bad Boys tem para mim. E sinceramente não vejo porque o tenho de fazer. Bad Boys era quase um modo de vida, a importância de uma amizade e parceria, o tão certeiro ride together, die togerther, o sentido de união e família envolto ao caos e velocidade e isto tudo nada mais era que o que significava ser jovem.

Bad Boys for Life

 

Ter um novo filme da saga era mais que voltar a juntar, Will Smith e Martin Lawrence (que como dupla é quase perfeita), era voltar a trazer o magnetismo existente na mistura de Miami, velocidade, ação, comédia que caracterizaram os anteriores. Felizmente, para mim, foi conseguido, e melhor, melhorado. É notório um cuidado ao respeitar o que estava feito no passado, mas ainda assim criar algo também atual, esse mérito tem de ser dado à dupla de jovens realizadores Belgas Adil e Bilall. Existe ainda muito de Michael Bay neste novo filme, e quando digo muito é contando com uma surpresa interessante.

Contudo, o que verdadeiramente funciona em Bad Boys for Life é o elenco, com foco principal nos protagonistas. Existe muita química e verdadeiro sentido de parceria entre Smith e Lawrence. Das cenas mais toscas às mais tocantes quando os dois estão junto tudo desenrola de forma mais dinâmica. E a grande força desta saga estará sempre nesta dupla. O restante elenco está à altura, e é bom ter sangue novo a dar vida a esta história. Destaco principalmente Jacob Scipio como vilão, acho mesmo que será um nome a ter em conta na sétima arte num futuro próximo.

Bad Boys for Life

Não é tudo perfeito no filme, e nem acredito que este tipo de filmes de ação, sejam criados a pensar na qualidade em termos de prémios e aclamação crítica. São filmes que marcaram, e irão continuar a marcar gerações, mas pelas histórias, personagens, efeitos especiais, perseguições, velocidade e tantas outras coisas que constroem no fundo o que é ser um Bad Boy. E verdade seja dita a fotografia e imagem do filme é de conter a respiração algo que não estava à espera e que me surpreendeu muito pela positiva.

Resumindo Bad Boys for Life é um filme que vale bem a pena assistir. Dos que têm a nostalgia dos antigos não vão ficar desiludidos, dos que querem algo novo, terão. E aos que nem sequer conheciam nada da saga ficam a conhecer um mote para a vida “We ride together, we die together”. E ao som de Inner Circle vos deixo: “Bad boys, bad boys, Whatcha gonna do, whatcha gonna do, when they come for you…”

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Bad Boys for Life

Título Original: Bad Boys Para Sempre

Realização:  Adil El Arbi, Bilall Fallah

Elenco: Will Smith, Martin Lawrence, Joe Pantoliano, Paola Nuñez, Vanessa Hudgens, Alexander Ludwig, Jacob Scipio, Charles Melton

Duração: 124 minutos

Trailer | Bad Boys for Life

Comments