Mini-Reviews TV TV

Star Trek: Picard – Season Finale – 1ª Temporada

Star Trek: Picard season finale

PODE CONTER SPOILERS DE STAR TREK: PICARD!!!

Não se pode negar que a saga Star Trek tem vindo a testemunhar uma espécie de “renascimento” desde 2009, ano em que o reboot realizado por J.J. Abrams agraciou as grandes telas de todo o mundo. Isto deu origem a mais duas sequelas (com uma quarta potencialmente em desenvolvimento) e também ao regresso ao meio que viria a destacar esta saga: a televisão. Tivemos direito a duas temporadas de Star Trek: Discovery, cortesia da CBS All Access (e transmitida em Portugal através da Netflix), mas a sua receção tem sido, no mínimo, mista. Portanto, seria apenas uma questão de tempo até que Star Trek tivesse direito a uma nova série, o que deu origem a este Star Trek: Picard, também da CBS All Access (se bem que transmitida pela Amazon Prime Video, desta vez), marcando também o regresso de um dos seus melhores atores a agraciar o pequeno ecrã!

Décadas depois dos eventos de Star Trek: NemesisPicard reapresenta-nos a Jean-Luc Picard (Patrick Stewart) que, após se ter reformado da Frota Estelar, resignou-se ao seu chateaux em França, à espera da sua morte. No entanto, a sua vida sofre uma reviravolta quando este dá de caras com Dahj (Isa Briones), uma jovem rapariga misteriosamente ligada a um dos melhores amigos de Picard no seu tempo como Capitão da USS Enterprise.

Star Trek: Picard season finale

O MELHOR:

Patrick Stewart. Como os jovens internautas costumam dizer, nuff said!

Este é um ator bem conhecido em qualquer meio que se possa imaginar. Filmes, séries, peças de teatro, Stewart foi deixando a sua marca inegável na Sétima Arte e mais além. Embora o possamos adorar pelo seu papel como Charles Xavier na saga de X-Men (com Logan a ser o seu ponto maior na mesma), não podemos esquecer que a sua carreira começou a sério quando vestiu a pele de Jean-Luc Picard em Star Trek: The Next Generation.

No entanto, não contem com uma espécie de rehash do que nos tinha sido apresentado anteriormente pelo ator. Stewart tem vindo a ganhar ainda mais experiência nos anos seguintes, e a sua performance ao longo destes 10 episódios correspondem a essa ideia. Este é um Picard que está afetado pela passagem do tempo, que possui uma nova dose de sabedoria adorável, mas não deixa de exibir uma espécie de soturnidade constantemente presente. Claro que a sua performance nem sempre corresponde às nossas expectativas, mas ainda assim, torna-se numa nota novamente positiva na carreira deste thespian.

Star Trek: Picard season finale

Como esta é uma série inédita, seria de esperar que também encontrássemos algumas caras novas pelo caminho. E Star Trek: Picard apresenta-nos um elenco com um franco potencial. Temos a já mencionada Isa Briones como Dahj – e posteriormente a sua gémea, Soji – que fomenta o grande mistério da temporada (ainda que com resultados mistos pelo meio), Michelle Hurd como Raffi, uma antiga aliada de Picard pós-Enterprise com alguns demónios, Alison Pill como a Dra. Agnes Jurati, uma cientistas especializada na área das formas de vida artificiais, Evan Evagora como Elnor, um ex-protegido de Picard que serve de “músculo” nesta missão e Santiago Cabrera como Cristobal Rios, o Capitão da La Sirena (e também alguns hologramas com sotaques – e personalidades – diferentes). Apesar de nem todos conseguirem oferecer algo único, a série consegue apresenta alguns momentos de destaque para estas novas caras sem terem de recair no que já fora visto anteriormente.

Felizmente, para os mais aficionados de TNG, Picard também nos traz algumas caras conhecidas da série anterior e mais além. Temos exemplos como Brent Spiner que traz o seu Lieutenant-Commander Data de volta em algumas cenas-chave ou Jonathan Frakes e Marina Sirtis como Will Riker e Deanna Troi (de mencionar também que Frakes também mostra os seus dotes como realizador em mais do que uma ocasião) ou então o pseudo-crossover entre TNGDeep Space Nine, cortesia de Jeri Ryan e da sua Seven of Nine. Cada uma destas (e outras) caras conhecidas não preenchem espaço desnecessariamente, já que possui um repertório interessante não só com Stewart, como também com alguns membros do elenco principal.

Star Trek: Picard season finale

O PIOR:

É impossível não olhar para Star Trek: Picard e não nos sentirmos desiludidos com o resultado final.

A série imediatamente estabeleceu a sua temporada de estreia como uma história mais character-driven do que as suas antecessoras, e isso não é necessariamente algo mau. Infelizmente, isto significa que, pelo caminho, perdemos aquela essência de Star Treka ideia de explorar novos planetas, estabelecer contacto com novas civilizações.

Valendo o vale, a série ainda tenta o melhor que pode para recorrer a um aspeto vencedor das suas desventuras, nomeadamente de usarem algumas narrativas para servirem de paralelos com a História da raça humano na nossa vida real. É impossível não olhar para o tratamento das formas de vida sintéticas e não encontrar paralelismos com o tratamento das minorias. No entanto, face à concentração nas suas personagens, esta ideia não é explorada da melhor forma possível.

Star Trek: Picard também incorre num problema já bastante característico da saga (e de muitas outras): vilões. TNG concentrou os Romulanos como os big bads em mais do que uma ocasião. E embora Picard volte a estabelecê-los como vilões à altura, simplesmente deixam bastante a desejar na forma como são interpretados. Basta ver o que atores como Harry Treadaway e Peyton List fizeram ao longo da temporada, que não só foi previsível, como também de mau gosto.

Apesar disto tudo, para quem for fã de Star Trek, encontrará uma espécie de refúgio com este Picard. E o facto de a série já ter sido confirmada para a sua segunda temporada só traz melhores notícias consigo.

Podem ler outras das nossas Mini-Reviews aqui.

Estado da série: RENOVADA

0 67 100 1
67%
Average Rating

Star Trek: Picard possui algumas forças a seu favor - Patrick Stewart, obviamente! - mas não deixa de parecer um produto um tanto ou quanto desnecessário.

  • 67%

Comments